História

Batalha de Stalingrado, o que foi? Origem do combate e derrota alemã

A Batalha de Stalingrado foi o maior conflito da Segunda Guerra Mundial. O embate entre soviéticos e alemães deixou dois milhões de mortos.

Continue lendo após a publicidade

A Batalha de Stalingrado aconteceu entre julho de 1942 e 2 de fevereiro de 1943. Foi a maior batalha dentro da Segunda Guerra Mundial e mobilizou os exércitos soviético e alemão em uma disputa sangrenta por território.

A cidade de Stalingrado ficava na região conhecida por Cáucaso, às margens do rio Volga, e era um ponto estratégico da União Soviética. Todavia, os alemães tentariam o controle da cidade para, posteriormente, manter o controle de matérias-primas, como minério e ferro.

Tropas alemãs e soviéticas disputaram o território de maneira minuciosa. Entretanto, os esforços do exército nazista foram em vão após 6 meses de conflito. Dessa forma, a Batalha de Stalingrado acabaria deixando dois milhões de mortos.

Origem do confronto em Stalingrado

Em 1939, um pouco antes de a Segunda Guerra começar, Hitler e Stalin assinaram o Pacto Germano-Soviético. Antes de tudo, era um documento de não agressão, assegurando que as duas nações não entrassem em um possível combate.

Continue lendo após a publicidade

A ruptura deste pacto aconteceu em 1941, com um ataque militar alemão contra a União Soviética. Esta operação teve nome de Operação Barbarossa e tinha como objetivo dominar completamente o território soviético. Dessa maneira, tinha origem a Batalha de Stalingrado.

Ruínas da cidade de Stalingrado.

Hitler tentava conquistar a URSS de maneira rápida, eficaz e fulminante, justamente como aconteceu na França e até mesmo na Polônia. Em um primeiro momento, o exército alemão avançou de forma rápida, logo transformado em um avanço lento e cheio de dificuldades.

Por outro lado, a cidade de Stalingrado tornou-se um certo tipo de obsessão para Hitler. Ela ficava às margens do rio Volga, na região do Cáucaso. Esta região, inclusive, era rica em minério e petróleo.

Nesse sentido, as batalhas que vieram posteriormente no leste da Europa entre alemães e soviéticos foram desdobramentos desta operação.

Continue lendo após a publicidade

Stalingrado ou a batalha mais cruel da guerra

A Batalha de Stalingrado começou em 17 de julho de 1942 e terminou seis meses depois, em 2 de fevereiro de 1943. É considerada a batalha mais violenta, além de ser um marco decisivo para o fim da 2ª Grande Guerra.

A conquista da cidade de Stalingrado por parte dos alemães revelava um plano maior de Hitler. Para ele, conquistar a cidade da região do Cáucaso significava controlar a indústria da URSS e estrangular o país, isolando Moscou do resto.

Comandados pelo general Friedrich Paulus, os alemães começaram o ataque com bombardeios aéreos, seguidos de diversas tentativas de dominação. Em 21 de agosto, pelotões de infantaria e a divisão de tanques rumaram em direção a Stalingrado.

Aventuras na História

Esse ataque foi um dos mais maciços da guerra em Stalingrado e envolveu também o apoio de mais de mil aviões. Além disso, bombas lançadas sobre a cidade deixaram cerca de 40 mil civis mortos em apenas dois dias de ataque.

Continue lendo após a publicidade

Os combates eram travados rua por rua e seguiam por quarteirões inteiros da cidade. Stalingrado era um dos piores lugares para se estar naquele período e sua defesa ficou a cargo do major-general Vasily Chuikov.

A estratégia soviética foi considerada desorganizada, mas surtiu efeito. O exército vermelho decidiu encurtar a distância entre a linha de fogo alemã e a soviética. Assim, os alemães se viram com dificuldade para avançar com seus blindados sobre as ruínas da cidade e começavam a perder a Batalha de Stalingrado.

A Vitória soviética

Ofensivas soviéticas organizadas no final de 1942 expulsaram os alemães da cidade e decretaram a vitória na Batalha de Stanlingrado. A chegada do inverno foi crucial e, ao fim daquele ano, as tropas alemãs já não tinham tanto poder.

Todavia, o general alemão Paulus pediu que seus homens recuassem e prontamente negado por Hitler. Naquele momento, eram apenas 200 mil soldados exaustos no campo de batalha. Além disso, outra força alemã comandada por Erich von Manstein se encontrava incapacitada de resistir e recuou.

Continue lendo após a publicidade

Nesse sentido, a rendição alemã aconteceu em 2 de fevereiro de 1943. Chegava ao fim a batalha de Stalingrado, que após meses de embates violentos entre as duas nações somava a marca de dois milhões de mortos.

exército em stalingrado
Memorial da democracia

Em outras palavras, Stalingrado representou novos caminhos para a Segunda Guerra Mundial. Os alemães tomaram uma postura mais defensiva, enquanto os soviéticos organizaram uma investida em Berlim afim de capturar Hitler. Em 1945 todos os esforços foram recompensados e a guerra terminava.

Após o término da batalha, o então primeiro-ministro soviético Nikita Kruschev mudou o nome da cidade para Volvogrado. Atualmente, o episódio é relembrado em toda a cidade, seja por seus habitantes ou pelos monumentos.

O que achou da matéria? Se gostou, leia também: Queda do muro de Berlim – Contexto histórico, causas e consequências.

Continue lendo após a publicidade

Fontes: História do Mundo, Toda Matéria, Info Escola, Brasil Escola

Imagens: Causa Operária, História do Mundo, Aventuras na História, Memorial da Democracia

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments