Saúde

Cientistas criam rim artificial para substituir a hemodiálise

Continue lendo após a publicidade

Para quem não está familiarizado com o procedimento, a hemodiálise é tratamento que permite remover as toxinas e o excesso de água do organismo de pessoas cujo os rins não funcionam mais. Ser dependente desta máquina é o pesadelo de muitas pessoas.  e, uma vez ligada a ela, somente um transplante renal poderia resolver o problema.

Tem em vista esse problema que assola muitas pessoas, pesquisadores da Universidade da Califórnia em São Francisco, nos EUA, criaram o primeiro rim artificial biônico, capaz de realizar o trabalho de um rim saudável com perfeição e pretendem lança-lo em 2017.

Segundo os desenvolvedores, o aparelho tem menos que 1% de chance de rejeição, pois é feito a partir de células renais e pode ser implantado em pacientes com doenças renais para libertá-los de uma vez por todas da máquina de hemodiálise.

Continue lendo após a publicidade

O primeiro transplante previsto para 2017 será implantado como teste, e os especialistas ainda não sabem quando a novidade chegará ao mercado.

Este projeto cria uma solução permanente para o problema de escassez no transplante de órgãos. Estamos a aumentar as opções para as pessoas com doença renal crônica, que de outra forma seriam forçadas à diálise – William Fissell, autor do projeto.

Como funciona?

O rim artificial tem filtros feitos em carboneto de silício, células vivas e é bio-híbrido. O aparelho funciona com uma série de microchips e é movido pelo coração humano para filtrar os resíduos da corrente sanguínea. O protótipo tem o tamanho aproximado de rim natural saudável e consegue regular a pressão arterial e o equilíbrio entre sódio e potássio no corpo.

 

Texto originalmente publicado em Diário de Biologia.
Imagens: Reprodução da internet.

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

[…] trata-se de cálculo renal, uma dor em cólica de grande intensidade que deve ser avaliado de forma emergencial e tratada por […]

[…] trata-se de cálculo renal, uma dor em cólica de grande intensidade que deve ser avaliado de forma emergencial e tratada por […]

[…] trata-se de cálculo renal, uma dor em cólica de grande intensidade que deve ser avaliado de forma emergencial e tratada por […]

[…] da doença precisam ser internados na UTI. Assim eles receberão suporte clínico bem como hemodiálises e até ventilação mecânica, caso […]