Língua Portuguesa

Coesão textual, o que é? Elementos, palavras de transição e tipos

Coesão textual é um recurso linguístico que torna possível a conexão lógica e semântica de um texto, apresentando ideias de forma harmônica.

Continue lendo após a publicidade

Coesão textual é a conexão ou ligação de maneira harmoniosa entre elementos de um texto. Nesse sentido, a coesão textual é o que determina a ligação e a transição de ideias entre frases e parágrafos, e é feita pelo uso de conjunções, preposições, advérbios ou locuções adverbiais.

Nesse sentido, a coesão textual é o recurso linguístico que faz com que palavras, frases e parágrafos se entrelaçam, garantindo a sequência e continuidade das ideias presentes em um texto específico.

Os diversos elementos que garantem a coesão textual agem de forma a garantir a relação lógica entre as ideias do texto, norteando o leitor ao pleno entendimento da leitura. Todavia, quando um texto é incoerente, toda a comunicação fica comprometida.

Elementos da coesão textual

A coesão textual é um recurso linguístico que permite a conexão de ideias de um texto. Para que a coesão aconteça, o texto deve apresentar alguns elementos que garantem a amarração de ideias e a continuidade de um texto.

Continue lendo após a publicidade
Coesão textual, o que é? Elementos, palavras de transição e tipos
Conectivos textuais garantem um texto coeso.

Nesse sentido, conectores são elementos que asseguram a coesão entre frases, estabelecendo relações de dependência e conexão entre seus termos integrantes. Exemplos de conectores são as conjunções, os advérbios conectivos e as preposições.

Todavia, quando usados de maneira correta, os tempos verbais garantem a coesão temporal. Assim, os acontecimentos de um texto se enquadram em uma lógica linear, fato que acaba possibilitando a compreensão plena e completa da sequência do texto.

Palavras de transição e coesão textual

A coesão textual é garantida também com a utilização de alguns recursos, como a ordenação correta das palavras nos períodos, a utilização correta das flexões nominais e verbais, em gênero e número.

Todavia, outros recursos também garantem a coesão textual, como é o caso das palavras de transição. Elas possuem sentidos diferentes e se apresentam como preposições, conjunções, advérbios e também locuções adverbiais.

Continue lendo após a publicidade
Agência TN.

Veja alguns exemplos de palavras de transição:

Começo, introdução – Inicialmente, primeiramente, antes de tudo, desde já.

Continuação – além disso, do mesmo modo, acresce que, ainda por cima, bem como, outrossim.

Conclusão – Enfim, dessa forma, em suma, nesse sentido, portanto, afinal.

Continue lendo após a publicidade

Tempo – Logo após, ocasionalmente, posteriormente, atualmente, enquanto isso, imediatamente, não raro.

Conformidade, semelhança – Igualmente, segundo, conforme, assim também, de acordo com.

Causa e consequência – Daí, por isso, de fato, em virtude de, assim, naturalmente.

Exemplificação, esclarecimento – Então, por exemplo, isto é, a saber, em outras palavras, ou seja, quer dizer.

Continue lendo após a publicidade

Tipos de coesão textual

Podemos dividir a coesão textual em dois tipos principais, sendo eles:

Referencial

Esse tipo de coesão acontece quando há menção de elementos que já apareceram ou que ainda vão aparecer no texto. Todavia, são usados pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos, assim como expressões adverbiais de lugar.

Ela pode ser:

Elipse – acontece quando um elemento do texto é retirado, evitando a repetição

Continue lendo após a publicidade

Exemplo: Roberta gosta de séries; José de filmes.

Substituição – acontece quando é usado um termo em substituição a outro, ou até mesmo uma frase inteira.

Exemplo: Os alunos foram advertidos por mau comportamento. Caso isso se repita, eles serão suspensos.

Sequencial

A coesão sequencial é responsável por dar sequência ao texto e isso acontece a partir das relações semânticas, que garantem a ligação entre as orações. Esse tipo de coesão textual utiliza conjunções, conectivos e expressões que estabelecem uma relação de continuidade.

Continue lendo após a publicidade

Nesse sentido, é comum observarmos o uso de expressões como diante do exposto, embora, logo, com o fim de, em vista disso, tudo o que foi dito, por conseguinte e outros.

Então, o que achou da matéria? Se gostou, leia também: O que é crônica? Definição, características, exemplos e tipos principais.

Fontes: Educa Mais Brasil, Toda Matéria, Brasil Escola, RockContent

Imagens: Seikatsu Magazine, Português Play e Agência TN

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments