Como escrever um poema?

Escrever um poema é algo que exige planejamento para que você consiga transmitir em palavras emoções e sentimentos.

Escrever um poema muitas vezes é visto como algo intuitivo. No entanto, o fato é que, assim como os demais gêneros textuais, você precisa se planejar para escrever um bom poema.

Primeiramente, você deve ter em mente que os principais elementos que compõem um poema são o verso, a métrica, a estrofe, a rima e o ritmo.

Isso é importante pois esses elementos irão fazer parte do seu poema. Além disso, você deve se ater a alguns outros detalhes como, por exemplo, qual é o objetivo do seu poema e quais figuras de linguagem usar.

Enfim, no texto abaixo você vai conferir 17 dicas para que você possa escrever um poema, confira:

Aprenda a escrever um poema: passo a passo

Confira abaixo o passo a passo para aprender a escrever um poema.

1- Saiba o que é um poema

Um poema é um conjunto de palavras, com rimas ou não, que traduzem o significa de algo. Por exemplo, um poema pode traduzir sentimentos ou pensamentos do autor.

Dessa forma, para traduzir algo em palavras, o autor precisa usar vários recursos da língua portuguesa. Você pode usar hipérbole, onomatopeia, figura de imagem, por exemplo.

2- Leia muito!

Ler muito é essencial para que você escreva qualquer tipo de texto.

Isso porque, por meio da leitura, você adquire vocabulário, conhece estrutura frasais diferentes e maneiras de brincar com as palavras.

Portanto, se você não tem o hábito de leitura, é melhor começar a mudar isso! Mas não se desespere, você pode adquirir o hábito da leitura aos poucos.

Se comprometa a ler algumas páginas por dia. Depois de um tempo, você vai notar que a leitura se tornará um hábito essencial na sua vida.

3- Qual é o seu objetivo com o poema?

Saber onde você quer chegar com o seu poema é essencial. Como você já sabe, a ideia é que você traduza algo em palavras.

Por exemplo, o seu objetivo pode ser escrever um poema que traduza a forma com que você se sente com as mudanças das estações.

4- Se inspire

Escrever quando estiver inspirado é muito mais fácil, fluído e relaxante. Por isso, busque se inspirar para escrever.

Para isso, é legal que você se conheça. Isso porque, o que inspira uma pessoa não necessariamente inspira outra. Por isso, saiba o que te inspira.

Caso você não saiba o que te inspira, experimente coisas novas e veja o que te deixa inspirado!

5- Use emoções que você já sentiu

Se a sua intenção é traduzir em palavras uma emoção, é mais fácil que você fale sobre algo que você já sentiu. Dessa forma, você vai conseguir se expressar melhor.

Por outro lado, se você for tentar descrever uma emoção que você nunca sentiu, pode ser que o seu poema não seja tão profundo.

Portanto, ao escrever sobre algo que você já sentiu, as chances de você fazer o leitor se conectar e sentir essas emoções, são maiores.

6- Ideias para escrever um poema

Faça uma lista com ideias de temas que você pode abordar no poema. A dica é anotar todas as ideias que forem surgindo, sem julgamentos.

Depois você pode analisar as ideias que surgiram e definir sobre qual tema será o seu poema.

7- Fuja dos clichês

Você é livre para escrever sobre o que quiser. Mas tenha cuidado com os clichês. Procure escrever frases novas, que expressam exatamente o que você quer passar.

Portanto, evite usar frases prontas ou que já foram usadas muitas vezes. Enfim, o problema dos clichês é que eles dão a sensação de que o escritor não é original.

8- Use muitas figuras de linguagem

Explore os diferentes tipos de linguagem no seu poema. Alguns exemplos de figuras de linguagem que você pode usar são:

  • metáfora;

  • eufemismo;

  • hipérbole;

  • ironia;

  • sinestesia;

  • gradação;

  • onomatopeia.

9- Evite as palavras abstratas no poema

Ao invés de usar palavras abstratas, dê preferência para as palavras concretas. Isso porque, com as palavras concretas, o leitor entende exatamente o que você quer dizer. 

Por outro lado, ao usar palavras abstratas, a sua mensagem com o poema pode não ser entendida pelos leitores.

10- Cuidado com as rimas

Ter cuidado com as rimas é preciso para que elas estejam de acordo com o poema que você está escrevendo.

Caso contrário, elas podem passar uma sensação que não foi a planejada com o texto.

11- Estimule todos os sentidos no poema

Por meio das palavras, você pode estimular todos os sentidos do leitor: visão, audição, olfato, toque e paladar.

Sendo assim, não deixe de explorar essa ferramenta para proporcionar uma verdadeira imersão quando uma pessoa ler o seu poema.

A dica é escrever de forma bem visual, imagética. Desse modo, explore os sons, cheiros, cenários e afins.

12- Escolha as palavras certas

As palavras certas a serem usadas no seu poema, são aquelas que transmitem o que você deseja compartilhar com os leitores.

Ou seja, não fique procurando por palavras cultas ou bonitas. Ao invés disso, foque no que você deseja passar para o leitor e use as palavras que melhor desempenham essa função!

13- Busque ajuda nos dicionários

O dicionário é um importante aliado para o escritor. Contudo, a intenção não é que você fique procurando por palavras difíceis ou rebuscadas.

Na verdade, a ideia é que você encontre significados, sinônimos e antônimos. Ou seja, ele é uma ferramenta que pode te ajudar a encontrar a palavra que você deseja e que casa com o seu texto.

14- Saia da caixinha!

O poema é uma ótima forma de você enxergar e expressar o mundo além do óbvio. Por isso, não se prenda a parâmetros. Se solte e pense fora da caixinha.

15- Leia o seu poema em voz alta

Ler o poema em voz alta é uma boa forma de você conferir como está a sonoridade do seu texto. Por exemplo, você pode ver se tem rimas em excesso ou se falta acrescentar alguma.

Além disso, analise se a ordem que as ideias é uma boa sequência ou se é melhor mudar.

Enfim, ao ler em voz alta você consegue perceber coisas que podem passar despercebidas na leitura mental.

16- Peça a opinião dos seus amigos

Muitos escritores não gostam de compartilhar seus textos, seja por timidez ou insegurança.

Entretanto, compartilhar seus poemas com amigos ou profissionais pode ser uma boa forma de trocar ideias e saber o que você precisa melhorar.

17- Rascunhos e erros

Por fim, tenha em mente que você pode rascunhar um poema quantas vezes forem preciso. Um texto não tem que ficar bom na primeira tentativa.

Da mesma forma, você não deve desistir de escrever caso cometa algum erro ou não goste do texto que escreveu. Uma dica é praticar bastante!

LEIA MAIS

O que é Poesia? Origem, características e tipos de poemas

Estrofe: o que é, classificação, métrica e estrutura do poema

Cora Coralina: biografia, obras, prêmios e poemas

Poemas de forma fixa: tipos e exemplos de textos

Qual a diferença entre poema e poesia?

Tipos textuais: veja quais são e suas características

O que é e como se faz um Acróstico?

Fontes: Biblio mundi, Rock content e Toda matéria.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.