Biologia

Complexo de Golgi – O que é, história, funções e estrutura

O Complexo de Golgi é uma estrutura formada a partir de células eucariotas que é muito importante para o organismo dos seres vivos.

Continue lendo após a publicidade

O Complexo de Golgi, também conhecido como Aparelho de Golgi, é uma formação de células eucarióticas essenciais para os seres vivos. Essa estrutura é formada por discos membranosos achatados, dispostos um em cima do outro, com formato retangular, e repleto de vesículas.

Assim, a principal função dessa organela é a secreção de proteínas ribossomáticas. Mas, além disso, também é fundamental para a formação dos lisossomos e dos acrossomos presentes nos espermatozoides.

Portanto, ele é considerado uma tipo de sistema central de distribuição dentro das células. Desse modo, atua no armazenamento, transformação, empacotamento e na remessa de substâncias.

Esse nome, Complexo de Golgi, é em homenagem ao citologista italiano Camillo Golgi, que descobriu essa estrutura em meio às células nervosas, em 1898.

Continue lendo após a publicidade

Por isso, hoje iremos aprender mais sobre o que é o Complexo de Golgi e as suas principais funções. Vamos lá.

Estrutura do Complexo Golgi

O Complexo de Golgi apresenta uma aparência diferente dependendo da espécie. No entanto, as estruturas básicas são as mesmas, no caso, os dictiossomas.

Assim, cada dictiossoma é formado por grupos de sáculos ou cisternas membranosas achadas, empilhadas umas a cima das outras, e pequenas vesículas.

As cisternas empilhadas possuem diferentes enzimas, às quais variam conforme a sua posição dentro do complexo.

Continue lendo após a publicidade

O complexo golgiense, portanto, é uma estrutura polarizada, que conta com duas faces: a face cis e a face trans. Assim sendo:

  • face cisou face de formação, é uma superfície convexa. É o local responsável por receber as vesículas provenientes do Retículo Endoplasmático (RER). Nela, as vesículas provenientes do RER fundem sua membrana e liberam seu conteúdo.
  • face transou face de maturação, tem relação direta com o Retículo Endoplasmático Liso (REL). É a face côncava e é a responsável por gerar vesículas, e está virada para a membrana plasmática.
Estrutura de um dictiossoma.
Fonte: Doc Player

Função do complexo de Golgi

Então, conforme visto até aqui, essa estrutura é uma organela que está diretamente ligada à produção, processamento, empacotamento e endereçamento de várias substâncias dentro das células. Por isso, o Complexo de Golgi está envolvido na síntese de proteoglicanos.

Assim, essa organela é encontrada na matriz extracelular das células animais, de carboidratos, no transporte de lipídios e na produção de lisossomas e glicoproteínas.

Contudo, determinas proteínas sintetizadas no RER são transportadas até o complexo de Golgi por meio de vesículas de transporte. Desse modo, elas sofrem transformações que possibilitam que algumas proteínas funcionem ou que algumas enzimas sejam ativadas.

Continue lendo após a publicidade

Portanto, depois de passarem por vários transformações ao longo das cisternas do Complexo de Golgi, no sentido cis-trans; as proteínas são envolvidas em vesículas que se originam na face da maturação do complexo. Ou seja, as chamadas vesículas de secreção ou lisossomas.

Além disso, uma outra função muito importante dessa organela é a produção de acrossomo encontrado na cabeça do espermatozoide. Esse acrossomo é resultado da fusão de vários lisossomos que formam uma enorme vesícula. Nela, são armazenadas as enzimas digestivas que auxiliam na perfuração da membrana do óvulo.

Observe o complexo de Golgi entre o retículo endoplasmático (RE) e a membrana plasmática.
Fonte: InfoEscola

Como as substâncias movem-se através do complexo de Golgi?

Com o avanço científico, hoje já é possível notar que o complexo golgiense é muito mais complexo e dinâmico do que se imaginava quando foi descoberto.

Isso porque as vesículas se movem do RE para o Complexo Golgi, e então fundem-se nas cisternas cis. Assim, a cisterna se move da direção cis rumo à trans, modificando o produto encontrado em seu interior.

Continue lendo após a publicidade

Desse modo, originam-se as vesículas que saem do complexo golgiense, levando os produtos para outros locais de secreção. Portanto, no modelo de maturação de cisterna, algumas vesículas podem ser liberadas e voltarem para as regiões menos maduras. E são essas vesículas as responsáveis pela reciclagem das enzimas.

Observe as cisternas que formam o complexo de Golgi e a face cis e trans dessa organela.
Fonte: Brasil Escola

E se o complexo de Golgi não funcionar?

Então, como vimos até aqui, o Complexo Goldi é muito importante para o funcionamento dos organismos. Portanto, caso ele não exerça as suas funções corretamente, poderá resultar em grandes consequências aos seres vivos.

Isso porque ele comprometerá muitas etapas importantes para o funcionamento do organismo. Entre elas, a relação entre ele o retículo endoplasmático, com o sistema endossomo-lissomo com a membrana plasmática. Exemplos disso são a doença de Wilson, a distrofia muscular de Duchenne e a síndrome de Aarskog, todas elas podem ser causadas pelo mal funcionamento do Complexo de Golgi.

Além disso, diversas falhas no processo de glicosilação podem ocorrer devido ao enovelamento inapropriado das proteínas, e também na impossibilidade de reconhecimento de células. E até na instabilidade ou falta de variabilidade proteica, que podem tornar o organismo muito mais suscetível a infecções bacterianas. Sem contar outros processos celulares, que também dependem da estabilidade das proteínas e da comunicação intracelular e intercelular.

Continue lendo após a publicidade

Sendo assim, todas essas falhas podem resultar em várias consequências graves, como suscetibilidade a doenças, malformação, morte celular e até falência de órgãos.

Distrofia muscular de Duchenne que pode ser causada pela falha do complexo de Golgi.
Fonte: TDATEO

E então, o que achou dessa matéria? Aproveite para conhecer mais sobre a Citologia.

Fonte Imagem Destacada: Realize Educação

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments