Conheça o Natural Cycles, aplicativo que substitui o uso de anticoncepcional

O aplicativo Natural Cycles promete ser um método inovador como alternativa para os contraceptivos hormonais. Trata-se de um programa que monitora a taxa de fertilidade, sem a necessidade de hormônios ou dispositivos.  Explicando o funcionamento O app

O aplicativo Natural Cycles promete ser um método inovador como alternativa para os contraceptivos hormonais. Trata-se de um programa que monitora a taxa de fertilidade, sem a necessidade de hormônios ou dispositivos.

 Explicando o funcionamento

O app se assemelha muito com a famosa “tabelinha”, todos os dias a mulher mede sua temperatura com um termômetro, colocado debaixo da língua e registra no app para que ele calcule seu ciclo menstrual e suas possíveis variações.

A temperatura é crucial para visualizar em que fase do ciclo a mulher está. Por exemplo: depois da ovulação, o aumento dos níveis de progesterona faz com que o corpo da mulher fique 0.45ºC mais quente. O calor também interfere na taxa de sobrevivência dos espermas, nas alterações no ciclo e, consequentemente, nos picos de fertilidade.

É o resultado desse cálculo que determina como o aplicativo vai alertá-la: com um aviso sobre a necessidade de proteção nos dias em que ela estará mais fértil, ou verde quando não há risco de fecundação ao transar desprotegida (o sistema não protege contra DSTs).

Mais eficaz que a camisinha

Se usado corretamente o app é mais eficaz que camisinha e com taxas de eficacia próximas as da pílula. – em testes realizados com mil mulheres, menos de cinco engravidaram após o sistema ter mostrado “cartões verdes” em dias férteis.

Fonte: maecuritibana.com.br
Foto: Asscom/Sesa ES

 

 

 

 

 

 

 

 

O app Natural Cycles tem mais de 150.000 usuários em 161 países e um estudo clínico provou que usar o aplicativo é tão eficaz como um método de controle de natalidade como a pílula. Pode-se testa-lo gratuitamente por 1 mês, e o pacote anual custa 4,20 dólares americanos, incluso o termômetro.

 

Fontes: Super Interessante e Business Insider.
As imagens reproduzidas neste artigo possuem direitos de seus respectivos donos.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.