Outros assuntos

O que é cor? Conceito, percepção e exemplos de cores do mundo

A cor é apenas uma reflexão da luz de um objeto que chega aos nossos olhos, sendo decodificada em nosso cérebro, interpretando como uma cor.

Continue lendo após a publicidade

Percebemos a cor através dos raios solares que refletem em nossos olhos. Por meio de ondas, produzem-se várias sensações graças a luz absorvida pelos corpos. O interessante é que tudo depende dos nossos olhos, este órgão humano é responsável por aderir pigmentos aos objetos, isto é, sem isso não há cor.

A definição das cores depende do comprimento da onda, porque cada medida revela um tom. Todo o processo depende a interpretação dos nosso cérebros e, portanto, na ausência da luz, não conseguimos entender quase nada, apenas o preto e o branco.

Conceito de cor

Cor - O que? definição e conceito

A cor não é material, ela é apenas uma sensação provocada por ondas eletromagnéticas que é absorvida pelos corpos. E para que tudo isso aconteça é necessário, sobretudo, dos nosso olhos. São eles que refletem a luz projetada dando ao nosso cérebro a função de codificar toda a informação.

Continue lendo após a publicidade

O passo a passo funciona da seguinte maneira: ao olhar em direção a imagem produzida é transmitida até a córnia e para a íris. Aqui, as pupilas entram em ação para regular a quantidade de luz que entra nos olhos. Já dilatou a pupila alguma vez para fazer exames de vista? Então, é uma sensação bem desagradável.

Com a entrada de luz regulada a imagem chegará ao cristalino da retina. Vale lembrar que todo o processo acima chega a esse ponto com a imagem invertida, portanto, é o cérebro que realiza a função de desinversão. Dessa forma dá-se o reconhecimento do pigmento.

Quentes, frias e neutras

Cor - O que? definição e conceito

Dentre a paleta de cores há definições para sua temperatura. Cores quente são associada ao sol e, portanto, possui o vermelho em sua base. Agora, para deixar, por exemplo, um ambiente mais tranquilo e agradável o mais indicado são pigmentos de base azul. Essas chamam-se de frias.

Continue lendo após a publicidade

Dizer que uma é neutra relaciona-se diretamente a sua intensidade de reflexão. Por exemplo, consideram-se os pigmentos marrom, cinza e branco de baixa absorvição e precisam de complemento.

Teoria das cores

Cor - O que? definição e conceito

Cada pigmento possui uma propriedade que são o contraste, a temperatura, a saturação, o brilho, pode ser harmonizada e, além de tudo, é capaz de transmitir uma mensagem. Enfim, a Teoria das Cores é a área de conhecimento que estuda todos os campos citados.

Muitos profissionais do design utilizam a paleta de pigmentos, pois cada uma delas possui um significado e uma forma de aplicação. Por exemplo, há uma opção na edição para o uso do RGB que são as cores aditivas sendo elas azul, verde e vermelho.

Continue lendo após a publicidade

Esses pigmentos enquadram-se, portanto, nas que emitem sua própria luz. São elas, então, as chamadas de primárias e que se combinadas formam todos os outros pigmentos. Isso depende, sobretudo, da quantidade de cada cor primária aplicada na mistura.

Além da cores primárias, temos as cores pigmentos. Essas normalmente são as cores que não absorvidas pelo o objeto. Há uma outra ferramenta muito usada para impressão que a CYMK (cyanmagentayellow black), traduzindo: ciano, magenta, amarelo e preto. Junta, por fim, formam um cinza escuro que não chega a ser preto.

E então, o que achou dessa matéria? Se gostou, confira também a temperatura das cores e descubra a cor do sol.

Fonte: Significado, Conceito de, Delta E, Super interessante. SOS, Medium, Hospital de Olhos.

Continue lendo após a publicidade

Bibliografia:

  • HELLER, Eva. A psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão. [S.L.]: Editora Gustavo Gili, 2012. 311 p.
  • SILVA, Cibelle Celestino; MARTINS, Roberto de Andrade. A TEORIA DAS CORES DE NEWTON: um exemplo do uso da história da ciência em sala de aula. Ciência & Educação, [S.L], v. 9, n. 1, p. 53-65, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ciedu/a/fMnd6zxXqG8mhHrYq45SLhs/?lang=pt.
  • GOETHE, J.W.. Doutrina das Cores. 4. ed. [S.L.]: Nova Alexandria, 2013. 212 p.

Fonte imagem de destaque: Nitro news

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments