Descobrimento da América – História, expedição de Colombo e colonização

As Grandes Navegações levaram a expedição de Cristóvão Colombo ao descobrimento da América, que já era habitada pelos povos nativos.

A chegada dos espanhóis em terras americanas, em 1942, é conhecida como descobrimento da América. No entanto,  esse termo não é reconhecido pelos historiadores, visto que a expedição de Cristóvão Colombo não tinha o objetivo de encontrar territórios desconhecidos, mas sim chegar ao continente asiático.

Por isso, o acontecimento é definido pelos estudiosos como uma conquista, invasão, achado ou chegada. Ao longo da navegação, os marinheiros da Espanha ficaram confusos por não avistarem terra na imensidão do mar, visto que já havia passado o tempo planejado da viagem.

Dessa forma, vamos aprender sobre a expedição de Colombo, sua trajetória e colonização. Ademais, essa história começou com as “Grandes Navegações”, um período marcado pela exploração de rotas comerciais marítimas no Oceano Atlântico.

Descobrimento da América

Como dito anteriormente, a maioria dos historiadores considera o termo “descobrimento da América” inapropriado. Isto porque, os espanhóis que chegaram por meio da expedição de Colombo tinham como destino a Ásia.

Grandes embarcações
História Livre

Em geral, a primeira menção de descobrimento da América foi citada no livro de Gonzalo Fernández de Oviedo, na primeira metade do século XVI. A partir disso, a expressão se consolidou no mundo inteiro.

A saber, os estudiosos afirmam que a América já existia, antes mesmo dos europeus chegarem. Até porque, o continente americano era habitado por milhões de pessoas, como os índios, por exemplo.

Ainda mais, a expedição de Colombo não foi a primeira no descobrimento da América. Antes deles, os vikings, liderados por Leif Eriksson, chegaram na Terra Nova (atual Canadá) no final do século X. No entanto, os 35 homens não tiveram sucesso como o espanhóis e portugueses, pois não conseguiram se estabelecer na América.

Por conseguinte, as grandes navegações do século XV exploravam o Oceano Pacífico, visto que a tecnologia ajudou no processo de desenvolvimento dos navios mais equipados. Sobretudo, essa navegação marítima não tinha como motivo principal a exploração, mas sim o interesse econômico.

Nesse sentido, um ganho financeiro era significativo por meio da abertura do comércio de especiarias na índia. Ao passo que, havia a busca por novas rotas comerciais marítimas, influenciadas pelo fechamento dos trechos que passavam por Constantinopla. Este que foi bloqueado pelos europeus em 1453.

Em contrapartida, Portugal foi o país pioneiro na exploração do Oceano Atlântico, já que suas condições de investimento e políticas eram estáveis. Ao contrário, a Espanha iniciou esse processo mais tarde, isto porque estavam lutando contra os mouros no século XV, o que resultou no descobrimento da América.

Expedição de Colombo

Antes de tudo, Cristóvão Colombo era um navegante genovês, ou seja, nascido em Génova, na Itália. Ele iniciou sua carreira na década de 1470, mas conseguiu financiamento dos espanhóis para a expedição apenas em 1492.

"<yoastmark

Dessa forma, Colombo preferiu navegar pelo oeste para alcançar a Índia, zarpando suas três embarcações em 3 de agosto de 1492, sendo Niña, Pinta e Santa Maria.

No entanto, a viagem se prolongou mais do que o esperado, deixando os marinheiros angustiados por não encontrarem terra. Assim, Colombo prometeu que em duas semanas teriam algum sinal, já que para ele o Atlântico era estreito.

Mais tarde, os espanhóis conseguiram avistar uma ilha do Caribe no dia 12 de outubro de 1492. Esta era nomeada pelos índios como Guanahani, mas Colombo a chamou de San Salvador. Não há informações exatas sobre essa ilha, mas estima-se que esteja localizada em Bahamas.

Posteriormente, Colombo passou pela ilha Hispaniola, onde sequestrou homens, mulheres e crianças para serem servos dos espanhóis, além de convertê-los ao cristianismo. Após isto, ainda esteve na ilha de Cuba,  retornando para a Espanha em meados de 1493.

Nesta época, foi recebido como herói, mas não sabia que tinha realizado o descobrimento da América.  Em outras palavras, Colombo havia passado pelo continente americano, mas achou que estava na Índia, visto que denominou os povos que encontrou como índios.

Colonização da América

Ao perceberem que encontraram um novo continente, começaram as negociações diplomáticas das terras com os portugueses. Após dois anos, o Tratado de Tordesilhas foi assinado, em 1494, onde foi determinado uma linha imaginária que dividia o território entre a Espanha e Portugal.

Colombo na ilha
Superinteressante

Como resultado, Colombo partiu em sua segunda viagem, em 1493. Dessa vez, com destino para a América. Isto significou uma colonização americana, com 17 embarcações dos espanhóis. Ademais, realizaram uma exploração econômica e uma busca intensa pelo ouro.

Por fim, o nativos foram prejudicados, visto que foram contaminados com doenças originadas dos europeus, além de serem escravizados, torturados e mortos. Contabiliza-se cerca de milhões de nativos dizimados durante décadas na colonização espanhola.

O que achou dessa matéria sobre o descobrimento da América? Se gostou, confira também: Quantos anos tem o Brasil? Colonização, território e feriado nacional

Fontes: Toda Matéria, Brasil Escola e História do Mundo

Imagens: Zoom, História LivreAl Bawaba e Superinteressante

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.