Biografia

Dilma Rousseff, quem é? Biografia, carreira política e impeachment

A primeira mulher eleita Presidente do Brasil foi Dilma Rousseff, após uma longa trajetória como gestora pública, assumiu o cargo aos 63 anos.

Continue lendo após a publicidade

Antes de tudo, Dilma Rousseff foi a primeira mulher na história a ocupar o cargo de Presidente do Brasil. Ela foi a 36º na linha de sucessão a sentar na cadeira após o Lula. Militante desde a adolescência, foi presa e torturada durante a ditadura militar no Brasil. Mesmo assim, retomou os estudos e continuou se envolvendo na política.

Destemida, recomeçou sua vida em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Casou-se duas vezes, teve uma única filha e venceu um câncer linfático. Dilma assumiu cargos de assessora, secretária, titular, ministra e Chefe da Casa Civil. Aos 63 anos tornou-se “Presidenta”, como ela gostava de ser chamada.

Nesse ínterim, vamos conhecer um pouco mais sobre a ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff. A mulher que sofreu um golpe de seus próprios aliados no governo, enfrentou a falta de apoio no Congresso e foi afastada por impeachment. Ademais, ela não perdeu seus direitos políticos.

Quem é Dilma Rousseff?

Dilma Vana Rousseff é mineira, nascida no dia 14 de dezembro de 1947, em Belo Horizonte. Sua mãe, Dilma Jane da Silva, era professora. O pai, Pedro Rousseff, era advogado nascido na Bulgária. A ex-presidente viveu em ambiente de classe média alta com mais dois irmãos.

Continue lendo após a publicidade
Dilma Rousseff
Aventuras na História

A saber, desde o ensino médio, Dilma Rousseff se interessava por assuntos políticos. Ela participava de atividades do movimento estudantil da cidade. Foi então que a ditadura militar se estabeleceu no Brasil em 1964, quando ela tinha apenas 16 anos.

Neste período, Dilma integrou-se em dois grupos marxistas, eram eles: Colina (Comando de Libertação Nacional) e a VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária Palmares). Ao passo que, se tornou responsável por planejar ações do socialismo, guardando armas e documentos.

Por isso, acabou sendo acusada de agir contra a ditadura, sendo julgada no tribunal militar. Ainda muito jovem, foi presa e torturada por dois anos, entre 1970 e 1972, em São Paulo. Além disso, foi impedida de continuar estudando na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Até porque, a condenação foi sustentada no decreto n°477, do al-5 (ato institucional n°5).

Posteriormente, foi morar em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Após completar um ano que deixou a prisão, decidiu recomeçar a vida na cidade natal de seu segundo marido, Carlos Franklin Paixão de Araújo. Este que é pai de sua única filha, Paula Rousseff Araújo. Ainda mais, foi onde estudou Economia, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS).

Continue lendo após a publicidade

O primeiro marido, Cláudio Galeno, com quem casou aos 20 anos, era seu companheiro de militância. Por causa das constantes fugas e repressão da ditadura, acabaram seguindo rumos diferentes.

Carreira política

Como dito anteriormente, Dilma Rousseff retomou a sua vida pessoal e profissional no Rio Grande do Sul. Nesse meio tempo, foi assessora do Partido Democrático Trabalhista (PDT) entre 1980 e 1985. No ano seguinte, foi nomeada como titular da Secretaria da Fazenda de Porto Alegre.

Dilma Rousseff
EBC

Por conseguinte, ela trabalhou na campanha de Leonel Brizola à Presidência da República do Brasil, em 1989. No entanto, a eleição se arrastou por dois turnos. No segundo, o partido resolveu apoiar o candidato Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Só que Fernando Collor, partido de direita, é que venceu a eleição. Mais tarde, o político foi afastado por impeachment, condenado por crime de responsabilidade. Após isto, Dilma Rousseff permaneceu no secretariado do governo entre 1990 e 1993, depois foi secretária de Minas, Energia e Comunicação no mandato do petista Olívio Dutra, em 1998.

Continue lendo após a publicidade

Em 2003, Dilma foi escolhida para o cargo de Ministra de Minas e Energia do governo Lula. Neste cargo ela criou o marco regulatório para as práticas de Minas e Energia, realizou a transferência da matriz energética do país para o biodiesel e foi autora do programa “Luz para Todos”.

Nesse ínterim, ela se tornou Chefe da Casa Civil da Presidência, em 2005. A base do governo Lula eram os programas Minha Casa Minha Vida e o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Ambos eram coordenados por Dilma Rousseff. Além disso, ela estabelecia as regras no litoral brasileiro para exploração das reservas de petróleo.

Governo Dilma

Nesse meio tempo, o PT ficou sem opções para lançar novos candidatos, visto que os principais nomes do partido respondiam por crimes de corrupção. Foi assim que a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência foi oficializada em junho de 2010, quando ela tinha 63 anos de idade.

Dilma Rousseff
Uol

Dilma Rousseff foi eleita com 56,05% dos votos, ao lado de seu vice-presidente, Michel Temer. O partido derrotou o concorrente José Serra (PSDB). Em 2014, foi eleita novamente, disputando o segundo turno contra Aécio Neves (PSDB).

Continue lendo após a publicidade

Após sua reeleição, foi acusada de improbidade administrativa, sendo traída pelos seus próprios aliados. Por consequência, o Congresso dos Deputados autorizou o processo de impeachment contra Dilma Rousseff.

Em agosto de 2016, a primeira presidente mulher da história do Brasil foi afastada definitivamente pelo Senado Federal, contabilizando 62 votos a 20. Em suma, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumiu a posição de Presidente interino.

Resumidamente, Dilma Rousseff cumpriu seu primeiro mandato entre janeiro de 2011 e dezembro de 2014. Ao ser reeleita, assumiu em 2015 e permaneceu até o início de 2016, quando sofreu impeachment.

O pedido de afastamento teve como justificativa as pedaladas fiscais, isto quer dizer que Dilma foi acusada de realizar manobras para maquiar as contas públicas. Assim, o requerimento foi aceito pelo presidente da Câmara da época, Eduardo Cunha.

Continue lendo após a publicidade

Em 2009, teve que enfrentar um câncer linfático, mas foi curada no mesmo ano. Dilma fez tratamento sem precisar se afastar de suas atividades. Recentemente, voltou para Porto Alegre para se dedicar ao seu neto Gabriel, que nasceu em 2010.

Por fim, o que achou dessa matéria sobre Dilma Rousseff? Se gostou, confira também: Itamar Franco, quem foi? Biografia, carreira política e presidência

Fontes: Toda Matéria, JusBrasil e Época

Imagens: Senado Federal, Aventuras na História, Uol e EBC

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments