Língua Portuguesa

Elementos de ligação, o que são? Definição, principais tipos e exemplos

Os elementos de ligação, também conhecidos como conectivos, são palavras que garantem a coesão textual e são essenciais para um bom texto.

Continue lendo após a publicidade

A gramática tem vários objetos de estudo. Um deles são os elementos de ligação, também conhecidos como conectivos e que acabam por desempenhar o importante papel ligar palavras ou orações.

Dentre os elementos que fazem um bom texto, a coesão é responsável por manter as ideias conectadas, dando todo um sentido às palavras.

Dessa maneira, o uso correto dos elementos de ligação tem como resultado um bom texto. Em suma, são eles os responsáveis pela sequência lógica de ideias apresentadas, deixando o texto mais compreensível.

O que são elementos de ligação?

Elementos de ligação, ou conectivos, são palavras responsáveis por interligar frases, períodos, orações, parágrafos e elementos de um texto, permitindo assim a sequência clara e fluida de ideias.

Continue lendo após a publicidade

A coesão textual só pode ser alcançada por meio do uso correto dos elementos de ligação. São eles que articulam as ideias do texto e fazem o encadeamento semântico (que trata do sentido) e sintático (gramaticalmente).

Um texto coeso permite melhor compreensão.

Todavia, existem grupos de palavras específicos que agem criando conexão entre períodos, orações, frases e parágrafos. Assim, um texto se faz com a sequência de ideias que giram em torno de um tema principal.

Quais são?

Os elementos de ligação são palavras associadas aos advérbios, locuções, preposições e conjunções. Exprimem ideias de adição, finalidade, causa, tempo e existem independente da sua classificação gramatical.

Além disso, os elementos de ligação são agrupados de acordo com o sentido que querem passar de forma a deixar o texto mais coeso possível:

Continue lendo após a publicidade

1.Prioridade e relevância

Destacamos dentre os elementos de ligação, as palavras: em primeiro lugar, antes de mais nada, primeiramente, acima de tudo, precisamente, principalmente, primordialmente, sobretudo.

Exemplos:

  • Em primeiro lugar, é uma honra estar aqui.
  • É necessário ser honesto, principalmente neste país.

2.Elementos de ligação que exprimem tempo

Então, enfim, logo, logo depois, imediatamente, logo após, a princípio, pouco antes, pouco depois, anteriormente, posteriormente, em seguida, afinal, por fim, finalmente, agora, atualmente, hoje, frequentemente, constantemente, às vezes, eventualmente.

Também são elementos de ligação que exprimem tempo: por vezes, ocasionalmente, sempre, raramente, não raro, ao mesmo tempo, simultaneamente, nesse ínterim, nesse meio tempo, enquanto, quando, antes que, depois que, logo que, sempre que, assim que, desde que, todas as vezes que, apenas, já, mal.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Logo depois que saímos, vi que ele não estava mais ali.
  • Eventualmente venho a este bairro.

3.Semelhança, comparação, conformidade

Igualmente, da mesma forma, assim também, do mesmo modo, similarmente, semelhantemente, analogamente, por analogia, de maneira idêntica, de conformidade com, de acordo com, segundo, conforme, sob o mesmo ponto de vista, tal qual, tanto quanto, como, assim como, bem como, como se.

Exemplos:

  • De acordo com o policial, o sujeito estava embriagado.
  • Assim como você, eu também não gosto da fumaça do cigarro.

4.Elementos de ligação que exprimem condição ou hipótese

Se, caso, eventualmente.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Se Karina chegar atrasada, sua mãe vai reclamar.
  • Caso Jane apareça, entregue os sapatos a ela por mim.

5.Adição, continuação

Além disso, (a)demais, outrossim, ainda mais, ainda por cima, por outro lado. Também as conjunções aditivas: e, nem, não só, mas também etc.

Exemplos:

  • Além disso, ele também não me deu o telefone certo.
  • Gosto de ler as obras de Tolkien e de Lewis também.

6.Elementos de ligação que exprimem dúvida

Talvez, provavelmente, possivelmente, quiçá, quem sabe, é provável, não é certo, se é que.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Talvez ele se atrase para o jantar.
  • Quiçá foi só coincidência e eu interpretei errado.

7.Certeza, ênfase

De certo, por certo, certamente, indubitavelmente, inquestionavelmente, sem dúvida, inegavelmente, com toda a certeza.

Exemplos:

  • Indubitavelmente Maurício é um homem íntegro e trabalhador.
  • Com toda a certeza haverá vacinas para todos.
Elementos de ligação – O que são, quais são e exemplos
Even3

8.Surpresa, imprevisto

Inesperadamente, de súbito, subitamente, de repente, imprevistamente, surpreendentemente.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Inesperadamente, estávamos todos de mãos dadas na sala.
  • E então, de súbito, Maurício encontrou Mariana.

9.Ilustração, esclarecimento

Para esclarecer, pode-se usar essas palavras como elementos de ligação: Por exemplo, isto é, quer dizer, em outras palavras, ou por outra, a saber, ou seja.

Exemplos:

  • Elas são retas perpendiculares, ou seja, formam 90° entre si.
  • Por exemplo, o número dois é par.

10.Propósito, intenção, finalidade

Com o fim, a fim de, com o propósito de, para que, a fim de que.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • A fim de expressarmos nossos sentimentos, lhes enviamos estas rosas.
  • Para que todos saibam, ela não estava na sala naquele momento.

11.Lugar, proximidade, distância

Perto de, próximo a ou de, junto a ou de, dentro, fora, mais adiante, aqui, além, acolá, lá, ali.

Exemplos:

  • A chuva caiu dentro de casa.
  • Brasília não fica perto de São Paulo.

12.Resumo, recapitulação, conclusão

São considerados elementos de ligação que resumem ideias: Em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Em síntese, o livro abordou questões sobre sexualidade.
  • Dessa forma, era mais difícil prever a sua inquietação.

13. Conectivos de causa e consequência, explicação

Por consequência, por conseguinte, como resultado, por isso, por causa de, em virtude de, assim, de fato, com efeito, porque, porquanto, pois, que, já que, uma vez, visto que, como (= porque), portanto, logo, pois (posposto ao verbo), que (= porque).

Exemplos:

  • Uma vez que está quente, comprarei um sorvete!
  • Em virtude de seu atraso, descontei uma hora no seu descanso.

14.Contraste, oposição, restrição e ressalva

Pelo contrário, em contraste com, salvo, exceto, menos, mas, contudo, todavia, entretanto, embora, apesar de, ainda que, mesmo que, posto que, conquanto, se bem que, por mais que, por menos que, no entanto.

Continue lendo após a publicidade

Exemplos:

  • Todavia aparentasse feliz, chegou em casa e pôs-se a chorar.
  • Estão todos liberados da atividade, salvo o aluno Maurício.
O uso correto dos conectivos permite uma boa redação.

O que achou da matéria? Se gostou, leia também: Verbos no infinitivo, o que são? Definição, características e exemplos.

Fontes: Beduka, Passei Web, Professor Diego Lucas

Imagens: ICC, Freepik , Even3, Projeto Acadêmico, Via Carreira

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments