Estados Brasileiros – Quais são, surgimento, características e curiosidades

A atual configuração geográfica, que vigora desde a última constituição, conta com 26 estados brasileiros somado ao Distrito Federal.

O território brasileiro é conhecido, entre outros aspectos, por sua grandiosa variedade geográfica. Afinal, a região conta com 26 estados brasileiros mais um distrito federal, que situa a capital do país. Contudo, muitas pessoas ainda não têm conhecimento sobre a origem desses estados e quais as peculiaridades de cada um.

Resumidamente, a formação geográfica que deu origem ao território que conhecemos hoje teve início a partir do descobrimento do Brasil pelos portugueses, há mais de 500 anos. Sendo assim, a exploração de riquezas, como o pau-brasil, atraiu a atenção da Coroa, que passou a investir na colonização dos índios e na divisão das terras.

Dessa forma, surgiram as capitanias hereditárias, denominação dada às 15 diferentes faixas de terra situadas na atual região do Nordeste. Inclusive, a região já reunia nomes de estados brasileiros que vigoram até hoje como Pernambuco, Maranhão, Espírito Santo e Ceará.

Em síntese, cada divisão era comandada por um donatário, que funcionava como um líder responsável pela administração da capitania. Entretanto, o sistema durou pouco e foi extinto após dezesseis anos de existência.

Divisões importantes dos estados brasileiros

Em seguida, a próxima alteração nas divisões e nos nomes dos territórios brasileiros só veio a acontecer em 1789, com a expansão determinada pelo Tratado de Madri. A partir daí, foram criados Grão Pará, que daria origem à província do Pará e à província do Amazonas, e São Paulo, que originaria Minas Gerais e Mato Grosso.

Estados Brasileiros: Quais são, como surgiram, características e curiosidades
Phocalize

As províncias só se tornaram estados a partir da Proclamação da República, com a criação da Constituição de 1891. Até então, havia o contorno de 17 estados mais a Cisplatina (Uruguai).

Posteriormente, as alterações mais significativas somente ocorreram mais de cem anos depois. Em 1904, o Acre foi comprado da Bolívia e passou a ser administrado pelo Brasil, em 1943, elevando-se a categoria de estado apenas vinte anos depois.

Em seguida, em 1942, o governo criou os territórios de Rio Branco, elevado anos mais tarde à categoria do estado de Roraima, além de determinar a fundação do Amapá e do arquipélago de Fernando de Noronha.

Junto a isso, em 1946, foi criado o Território do Guaporé, que se tornou o estado de Rondônia, em 1991. Do mesmo modo, em 1960 , surgiu o estado brasileiro do Goiás, que passou a ser desmembrado de Minas Gerais.

Ademais, o território passou a situar a capital do país, Brasília, localizada no Distrito Federal. Logo após, a parte sul do estado de Mato Grosso foi separada e deu origem ao Mato Grosso do Sul, o que ocorreu em 1977.

Atualmente, a configuração dos estados brasileiros vigora desde a Constituição Federal de 1988, que elevou Amapá e Roraima à categoria de estado, integrou a ilha de Fernando de Noronha ao estado de Pernambuco e criou o estado do Tocantins, originado a partir da porção norte de Goiás.

Quais são os estados brasileiros e suas regiões?

A partir disso, o Brasil passou a contar com 26 estados mais o Distrito Federal, divididos entre cinco regiões. Atualmente, além dos estados brasileiros, os municípios também possuem um número extenso: são 5.570, distribuídos entre localidades de pequeno, médio e grande porte.

Estados Brasileiros: Quais são, como surgiram, características e curiosidades
Revista Zunai

Comparativamente aos demais países da América do Sul, o Brasil é o primeiro colocado em extensão territorial, seguido da Argentina, Peru e Colômbia. Conheça a seguir cada um dos estados e das regiões brasileiras:

Os estados da região Norte

A região Norte é conhecida por ser a maior do país em extensão territorial, correspondendo a cerca de 45% do território nacional. Além disso, ela concentra uma grande biodiversidade de fauna e flora, devido à existência de um dos maiores biomas naturais do mundo, a Floresta Amazônica.

Ao todo são sete os estados na região. O Acre possui área de 164.123 km², 894.470 habitantes e conta com 22 municípios. Sua capital é Rio Branco e quem nasce nesse estado é denominado acreano. Logo a seguir destaca-se o Amazonas, com área de 1.559.167 km², 4.207.714 pessoas e 62 municípios. Sua capital é Manaus e quem nasce nesse estado é amazonense.

Estados Brasileiros: Quais são, como surgiram, características e curiosidades
Jovem Pan

Em seguida, tem o Amapá, com 142.470 km², 861.773 moradores e 16 municípios. Sua capital é Macapá e quem nasce no estado é amapaense. Esse é um dos menores estados da federação.

O recém-inaugurado Tocantins – com pouco mais de 30 anos de existência – abrange uma área de 277.466 km², conta com 1.590.248 pessoas e 139 municípios. Sua capital é Palmas e quem nasce nesse estado é tocantinense.

O Pará, junto ao Amazonas, são os dois maiores da região. Em síntese, ele comporta uma área de 1.245.870 km², conta com 8.690.745 pessoas e 144 municípios. Sua capital é Belém e quem nasce nesse estado é paraense.

Por sua vez, Roraima conta com apenas 223.644 km², 631.181 moradores e 15 municípios. Dessa forma, sua capital é Boa Vista e quem nasce nesse estado é roraimense.

Ademais, o estado brasileiro de Rondônia possui área de 237.765 km², 1.796.460 moradores e conta com 52 municípios. Sua capital é Porto Velho e quem nasce nesse estado é rondoniense ou rondoniano.

Os estados brasileiros da Região Nordeste

A princípio, é a região com o maior de número de estados brasileiros, correspondendo a aproximadamente 18% do território nacional. Dessa forma, é bastante conhecida pela sua diversidade e riquezas culturais.

Inicialmente, o estado do Maranhão possui área de 329.642 km², mais de 7 milhões de habitantes e 217 municípios. Sua capital é São Luís e quem nasce nesse estado é maranhense.

Estados Brasileiros: Quais são, como surgiram, características e curiosidades
Estudos Kids

Em seguida, o estado do Piauí possui área de 251.756 km², 3.281.480 pessoas e 224 municípios. Sua capital é Teresina e quem nasce nesse estado é piauiense.

Posteriormente, o Ceará abrange área de 148,894 km², mais de 9 milhões de pessoas e 184 municípios. Além disso, sua capital é Fortaleza e o gentílico é cearense. Logo após, aparece o Rio Grande do Norte, com 52.809 km², mais de 3 milhões de moradores e 167 municípios. Sua capital é Natal e o gentílico é potiguar, norte-rio-grandense ou rio-grandense-do-norte.

O quinto estado nordestino é a Paraíba, com 56.467 km², conta com 4.039.277 moradores e 223 municípios. A capital é João Pessoa e o gentílico é paraibano.

De maneira semelhante, o estado de Pernambuco possui área de 98.067 km², mais de 9 milhões de pessoas e 185 municípios. Assim, sua capital é Recife e quem nasce nesse estado é pernambucano.

Em seguida, Alagoas apresenta 27.843 km², 3.351.543 pessoas e 184 municípios. Sua capital é Maceió e o gentílico é alagoano. O penúltimo estado da região é Sergipe, com 21.925 km², 2.318.822 pessoas e 75 municípios. Sua capital é Aracaju e o gentílico é sergipano ou sergipense.

Por último está a Bahia com 564.760 km², conta com quase 15 milhões de moradores e 417 municípios. Sua capital é Salvador e o gentílico é baiano.

Os estados brasileiros da Região Centro-Oeste

Em seguida, destaca-se a região Centro-Oeste, que ocupa cerca de 19% do território brasileiro. Apesar disso, sua densidade demográfica é baixa devido a pouca população. Seu destaque fica por conta da produção agrícola e pecuarista, com o maior rebanho bovino do país, e do turismo, graças as chapadas e ao Pantanal.

Estados Brasileiros: Quais são, como surgiram, características e curiosidades
Crab

A região também abriga a capital administrativa, Brasília, que concentra os três poderes federais: Executivo (O Presidente da República), Legislativo (Câmara dos Deputados e Senado Federal) e o Judiciário (Supremo Tribunal Federal). Seus estados são:

O Goiás, que possui área de 340.203,329 km², 7.113.540 pessoas e conta com 246 municípios. Sua capital é Goiânia e quem nasce nesse estado é goiano. De igual maneira, o Distrito Federal (unidade federativa) está situado dentro do estado, possui área de 5.760,783 km² e uma população de 3.055.149 pessoas. Dessa forma, sua sede é Brasília e quem nasce no Distrito Federal é brasiliense.

Somado a ele, há o estado do Mato Grosso, que possui área de 903.207 km², 3.526.220 pessoas e conta com 141 municípios. Sua capital é Cuiabá e quem nasce nesse estado é mato-grossense.

Por último, a região apresenta o estado do Mato Grosso do Sul, que possui área de 357.145 km², 2.809.394 pessoas e conta com 77 municípios. Sua capital é Campo Grande e quem nasce nesse estado é sul- mato-grossense.

Os estados da Região Sudeste

Nessa região, estão presentes as principais cidades brasileiras do ponto de vista econômico e populacional. Foi o território que mais atraiu migrantes, em meados do século XX, em busca de melhores condições de vida.

Brasil Escola

Sendo assim, essa é a região mais populosa do país, com mais de 85 milhões de habitantes, e apresenta o maior PIB (Produto Interno Bruto) devido a presença de grandes polos industriais e das duas maiores regiões metropolitanas, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em princípio, o estado brasileiro de Minas Gerais abrange uma área de 586.521,123 km², conta com 21.292.666 moradores e 853 municípios. Sua capital é Belo Horizonte e quem nasce nesse estado é mineiro.

Em seguida, destaca-se o estado do Espírito Santo, que abrange uma área de 46.074,447 km², conta com 4.064.052 moradores e 78 municípios. Sua capital é Vitória e quem nasce nesse estado é capixaba ou espírito-santense.

Somado a isso, estão as duas maiores metrópoles do centro-sul brasileiro. Rio de Janeiro, com uma área de 43.750,427 km², 17.366.189 pessoas e conta com 92 municípios. Sua capital é Rio de Janeiro (cidade) e quem nasce nesse estado é fluminense.

Por sua vez, o estado de São Paulo  é a maior potência industrial e econômica do país, possuindo uma área de 248.219,481 km², 46.289.333 pessoas e contando com 645 municípios. Sua capital é São Paulo (cidade) e quem nasce nesse estado é paulista.

Os estados brasileiros da Região Sul

Conforme visto no mapa, essa é a menor região do país em extensão territorial, correspondendo a 6,8% do território. Possuiu forte presença europeia em seu processo de povoamento e colonização, o que pode ser provado na sua população, no clima, na arquitetura e na cultura local.

Cola Web

Ou seja, somado a isso, seus estados possuem o 2º maior PIB do país e conta com forte pecuária na região das coxilhas, graças a facilidade na criação do gado.

Seu primeiro estado é o Paraná, que abrange uma área de 199.298 km², conta com 11.516.840 moradores e 399 municípios. Sua capital é Curitiba e quem nasce nesse estado é paranaense.

Por sua vez, o estado de Santa Catarina abrange uma área de 95.730 km², conta com 7.252.502 moradores e 295 municípios. Sua capital é Florianópolis e quem nasce nesse estado é catarinense ou barriga-verde.

Por fim, o último estado do país é o Rio Grande do Sul, com área de 281.707 km², 11.422.973 pessoas e conta com 497 municípios. Dessa forma, sua capital é Porto Alegre e quem nasce nesse estado é gaúcho ou sul-rio-grandense.

Gostou da matéria sobre as curiosidades e atualidades dos estados brasileiros? Então, confira também: Quantos Estados tem o Brasil? Quais são, Estados por regiões e DF

Fontes: IBGE, Mundo Educação, Nova Escola, Brasil Escola, Info Escola

Imagens: Super Abril, Phocalize, Revista Zunai, Estudos Kids, Crab, Brasil Escola e Cola Web

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.