Principal » Geografia » Fatores Climáticos: quais são os fatores climáticos?

Fatores Climáticos: quais são os fatores climáticos?

Os fatores climáticos são elementos que influenciam no clima de uma região. Ou seja, são elementos que interferem de forma direta nas condições climáticas de certo lugar.

Fatores Climáticos: quais são os fatores climáticos?

Os fatores climáticos são elementos que influenciam no clima de uma região. Ou seja, são elementos que interferem de forma direta nas condições climáticas de certo lugar. Confira abaixo quais são os fatores climáticos:

1- Fatores climáticos: latitude

A latitude interfere na incidência de raios que uma região irá receber.

Sendo assim, latitudes próximas à Linha do Equador (baixa latitude) recebem maiores quantidades de raios solares, que incidem sobre uma maior área de superfície terrestre.

Isso significa que as temperaturas médias das regiões próximas ao Equador são maiores. Em contrapartida, quanto mais afastado do Equador, menores serão as temperaturas, já que a incidência de raios solares é menor.

Enfim, a latitude é a responsável pela diferenciação das zonas climáticas: temperada, polar e tropical.

2- Altitude

Quanto maior for a altitude de uma região, mais rarefeito se torna o ar.

Dessa forma, a temperatura tende a ser mais baixa nessas regiões já que nessas condições as moléculas de ar, em baixa concentração, não conseguem reter umidade e calor.

Em contrapartida, regiões mais próximas do nível do mar tendem a ser mais quentes.

3- Fatores climáticos: relevo

As regiões com maior número de montanhas geralmente têm menos dispersão do ar. Isso faz com que o clima nessas regiões seja mais quente, já que as montanhas atrasam a chegada de ar.

Além disso, as formações rochosas influenciam também as massas de ar ou a umidade que podem chegar nessas regiões.

4- Correntes marítimas

As correntes marítimas impactam no nível de umidade e, consequentemente, no clima de certa região.

Por exemplo, em locais onde o mar é mais quente, a água tende a evaporar de forma mais rápida o que faz com que essa região seja mais úmida.

Por outro lado, onde o mar é mais frio, a evaporação não é tão rápida e não aumenta o nível de umidade.

5- Fatores climáticos: massas de ar

Em resumo, as massas de ar são grandes porções de ar da atmosfera que se estendem por milhares de quilômetros.

Sendo que o fato de uma massa de ar ser quente, fria, seca ou úmida vai depender das condições do ambiente onde ela se formou e por onde será a sua trajetória.

Sendo assim, as massas que surgem mais perto da Linha do Equador tendem a ser mais quentes e levar calor para as regiões onde chegam, ao passo em que as que surgem nas regiões dos polos são mais frias.

Basicamente, existem 6 tipos de massas de ar que podem se encontrar durante o deslocamento e ocorrer uma troca de calor e umidade entre elas. Os 6 tipos são:

  1. oceânica (úmida)
  2. continental (seca)
  3. tropical (quente)
  4. equatorial (quente)
  5. temperada (fria)
  6. polar (fria)

6- Fatores climáticos: vegetação

Quanto mais vegetação uma região tiver, mais úmida ela tende a ser. Isso porque a vegetação faz com que haja menos incidência de raios solares, já que as plantas têm a capacidade de absorver e refletir o sol.

Dessa maneira, as regiões com menos plantas tendem a ser mais secas e quentes ao passo em que as regiões com mais vegetação tendem a ser mais úmidas e refrescantes.

7- Maritimidade

Por fim, a maritimidade envolve a relação do mar com o continente. Por exemplo, uma cidade litorânea tende a ter um maior teor de umidade do que uma cidade que está distante do oceano.

Isso porque a evaporação constante da água dos mares causa esse teor maior de umidade.

Elementos climáticos

Além dos fatores climáticos, os elementos climáticos também influenciam no clima. Os elementos climáticos são:

1- Radiação

A radiação é o calor recebido pela atmosfera. Sendo que a maior parte deste calor é derivado do sol, mas também recebe a influência dos seres vivos e dos elementos naturais e artificiais que refletem o calor existente.

A radiação solar se manifesta em diferentes tons de intensidade no planeta Terra. Isso contribui para a formação das chamadas zonas térmicas ou climáticas da Terra.

2- Temperatura

As áreas localizadas em altitudes elevadas, normalmente, são mais frias já que têm menos contato com o calor absorvido e refletido pela superfície terrestre e têm menor pressão atmosférica.

Já as áreas de latitudes próximas aos polos recebem menos raios solares e também costumam ser mais frias. Já as zonas equatoriais geralmente são mais quentes.

Enfim, a mensuração do calor na atmosfera pode ser feita em graus celsius (ºC) ou em outras unidades de medida como, por exemplo, o fahrenheit (ºF) e o kelvin (K).

3- Pressão atmosférica

Em síntese, a pressão atmosférica é a pressão que o ar exerce sobre nós. Isso ocorre pois o ar tem massa, logo, ele tem peso e impacta no clima.

4- Umidade

Por fim, a umidade é a quantidade de água em forma de valor presente na atmosfera. É chamada de umidade absoluta a quantidade total de água na atmosfera.

Por outro lado, a umidade relativa do ar é a quantidade de água na atmosfera em relação ao total necessário para que haja chuva.

No texto acima você aprendeu o que são fatores climáticos (via StoodiMundo educação) e o que são elementos climáticos (via Brasil escola).

Aproveite para descobrir  qual é a diferença entre clima e tempo. Confira também quais são as causas das mudanças climáticas.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.