Galileu Galilei, quem foi? História de vida, principais obras e pensamentos

Galileu Galilei é uma das figuras mais importantes da história, considerado o fundador da Ciência Moderna e o Pai da Física e Matemática.

Galileu Galilei é uma das figuras mais importantes da história. Nascido em Pisa, na Itália, o cientista é considerado o fundador da Ciência Moderna e o Pai da Física e Matemática. Além disso, Galileu possui forte influência no desenvolvimento da Astronomia. Suas descobertas marcaram a revolução científica entre os séculos XVI e XVII. Inclusive, grande parte das teorias desenvolvidas é bastante atual.

O físico e astrônomo italiano ficou conhecido pelas ideias sobre o movimento dos corpos celestes. Para Galileu, a Terra não era o centro do Sistema Solar (heliocentrismo) e o Universo estava repleto de mistérios. Na época, a ideia contrariava o que Aristóteles dizia. Ou seja, para o filósofo grego, a Terra seria o centro de tudo (geocentrismo) e a Igreja – que detinha o maior poder – disseminava esse tipo de conhecimento.

Inclusive, por ir contra os ensinamentos da Igreja, Galileu foi perseguido pelo tribunal da Inquisição. Na época, o tribunal era responsável por punir aqueles que fossem contra os dogmas da Igreja. Por conta disso, Galileu foi proibido de lecionar e acabou recebendo pena de prisão. Mas, antes de tudo isso acontecer, o físico e matemático construiu uma história relevante e que marca os estudos até os dias atuais. Vamos conferir!

História de Galileu Galilei

Galileu Galilei nasceu na cidade de Pisa, na Itália, em 15 de fevereiro de 1564. Seus pais, Vincenzo Galilei e de Julia Ammannati, notaram que, quando garoto, Galileu já possuía diversas habilidades. Em síntese, era uma criança que gostava de brincar, curioso e muito esperto. Uma das áreas que Galileu mais gostava e se dedicava era a arte. Inclusive, o jovem pintava e tocava instrumentos musicais.

Galileu Galilei, quem foi? História de vida, principais obras e pensamentos
Galileu Galilei como instrutor

Por conta do talento em diversas áreas, Galileu logo se destacou no colégio. A princípio, o jovem iniciou os estudos na escola dominical de Vallombrosa. Em seguida, foi estudar medicina na Universidade de Pisa, por vontade do pai. Porém, após dois anos na Universidade, Galileu abandonou o curso, já que não se sentia feliz com a profissão.

A desistência não agradou o pai, mas a vontade em estudar matemática fez Galileu seguir em frente. Entretanto, as desavenças com a vontade do pai não deixavam Galileu se dedicar aos estudos. Assim, decidiu sair da Universidade em 1585. Ou seja, o jovem não conseguiu concluir nenhuma das graduações. Deste modo, seguiu a vida e mudou-se para Florença.

Mudança de vida

Já em outra cidade, Galileu decide dar aulas particulares como forma de conseguir se sustentar. As aulas o fizeram reconhecido, principalmente porque Galileu possuía pesquisas avançadas na área da geometria. Inclusive, foi nessa mesma época que Galileu inventou a balança hidrostática. Por conta disso – e de diversas outras contribuições científicas – o jovem foi convidado a participar da Universidade de Pisa, integrando a disciplina de matemática.

O convite foi aceito por Galileu que, com muito entusiasmo, iniciou suas funções como professor de matemática na Universidade. Porém, os demais professores da instituição não gostaram nada da presença de Galileu. Isso porque, consideravam Galileu muito jovem, apenas 25 anos. Além disso, não possuía nenhuma graduação e, ainda por cima, discordava das principais teorias de Aristóteles.

Galileu Galilei, quem foi? História de vida, principais obras e pensamentos
Telescópio de Galileu

Com o avanço dos estudos na matemática e astronomia, Galileu Galilei publicou, em 1590, teorias mais avançadas sobre o movimento dos corpos. A publicação de seus estudos foi uma das causas para que a administração da Universidade de Pisa o retirasse como professor. Além do mais, outro forte motivo foi a desavença com os defensores de Aristóteles.

Porém, a saída de Galileu da Universidade de Pisa abriu portas para que outras oportunidades surgissem. Dessa forma, em 1592, o físico e matemático recebeu indicação, do senado de Veneza, para que lecionasse matemática na Universidade de Pádua. Galileu aceitou o convite e iniciou como docente, cargo que manteve por 18 anos.

Início das invenções

As aptidões de Galileu já eram muito comentadas entre os séculos XVI e XVII. Em 1609, por exemplo, o físico e matemático construiu um telescópio para observar, de forma mais aprofundada, o espaço. Em síntese, a construção foi baseada no invento do Holandês Hans Lippershey, que havia desenvolvido um telescópio anteriormente.

Com o telescópio construído, Galileu começou a analisar e estudar, de forma minuciosa, o céu. Na época, o astrônomo descobriu que Júpiter possuía quatro luas girando ao seu redor. Além disso, conseguiu visualizar que a Lua era formada por montanhas e crateras em sua superfície.

Galileu Galilei, quem foi? História de vida, principais obras e pensamentos
Galileu Galilei descobriu as primeiras luas de Júpiter

Galileu já havia mencionado que o Sol era o centro do Sistema Solar. Porém, a comprovação veio por meio das observações que fez com o telescópio. Ou seja, Galileu detectou manchas na superfície do Sol e comprovou que a estrela girava sobre um eixo. Além do mais, o astrônomo identificou que Saturno possuía duas luas fixas – hoje sabemos que são os anéis de Saturno -, mas na época não foi possível identificar com clareza o que eram os pontos vistos por Galileu.

Todas as descobertas feitas por Galileu foram publicadas na obra intitulada “O Mensageiro das Estrelas”, em 1610. Na época, a publicação do livro dividiu opiniões. Ou seja, enquanto alguns cientistas aclamaram os escritos de Galileu, a Igreja ficou furiosa com as teorias do físico. Isso porque, Galileu defendia as ideias de Nicolau Copérnico, que dizia que o Sol era o centro do Sistema Solar.

Conflitos com a Igreja

Publicada a obra de Galileu, a Igreja já demonstrou insatisfação. Naquele tempo, quem controlava a ciência e os estudos era a Igreja, que defendia que a Terra era o centro de tudo. Galileu acreditava ao contrário e, por conta disso, por perseguido pelas autoridades da Inquisição.

A Inquisição era uma espécie de instituição ligada à Igreja que combatia teorias e ideias que contrariassem a ordem maior. Assim, Galileu foi intimado a retirar as afirmações que havia feito. Porém, o físico se recusou e, como consequência, teve pena de prisão decretada. Além disso, foi proibido de lecionar em qualquer Universidade ou em aulas particulares. Dessa forma, acabou cumprindo a pena em casa.

Galileu Galilei, quem foi? História de vida, principais obras e pensamentos
Galileu no tribunal da Inquisição

Por fim, Galileu Galilei passou os últimos anos de sua vida em Arcetri, na Itália. Faleceu no dia 8 de janeiro de 1642, deixando um legado inimaginável para a astronomia, física e matemática. Já no final da vida, Galileu estava quase cego por conta das diversas observações que fez no telescópio sem proteção alguma. Como forma de legitimar as teorias de Galileu, em 31 de outubro de 1992, a Igreja Católica reconheceu de forma oficial as ideias do físico e matemático.

Além do livro O Mensageiro das Estrelas (1610), também são obras de Galileu:

  • As operações da bússola geométrica e militar (1604)
  • Discurso sobre corpos na água (1612)
  • Diálogo sobre os dois principais sistemas mundiais (1632)
  • Duas novas ciências (1638)
  • La bilancetta (1644)

O que achou da matéria? Se gostou, leia também a diferença entre Astrofísica e Cosmologia.

Fontes: Info Escola, Escola Britannica, Brasil Escola e Revista Galileu 

Imagens: Aventuras na História, Greelane, Física InteressanteAEB e Aventuras na História,

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.