Geografia: Conceito e Aspecto Geral

A geografia é a área de conhecimento que estuda as transformações da sociedade e do meio em que vivem, o chamado espaço geográfico

De origem grega, a palavra geografia é formada pelo radical “geo”, que significa Terra. Mas também, é formada pelo termo ”grafia”, que quer dizer descrição. Contudo essas definições se referiam à antiga ciência geográfica. Isto é, relacionava essa ciência apenas aos fenômenos que ocorrem na superfície terrestre.

Sendo uma ciência humana, a geografia estuda os seres humanos e suas práticas. Para além disso, investiga o espaço geográfico. Basicamente, para entendermos bem sobre o assunto, precisamos saber o que é espaço geográfico!

Espaço geográfico é tudo que é construído e transformado pelo homem. Ou seja, fenômenos sociais. Aqui, podemos abordar práticas agrícolas, instalação de indústrias, cidades, desvio de rios, entre outros.

Em suma, o espaço geográfico é fruto da interação entre homem e natureza. Aliás, fruto de exploração dos recursos naturais, ações antrópicas.

Com isso, para planejar, controlar e elaborar essas ações antrópicas na superfície terrestre é necessário um equilíbrio. Por meio de um estudo de como o meio ambiente se comporta, com toda sua diversidade, surge o equilíbrio. Cujo, traz um estudo do relevo, clima, distribuição de vegetação, entre outros, por meio das disciplinas como cartografia, biologia, geografia, entre outros

Geografia - História, definição, ramos e impôrtancia
Fonte: Blog do Enem

Basicamente, a geografia é uma aventura no espaço terrestre. Aliás, é conhecer os fenômenos do planeta, toda sua dinamicidade e suas inter-relações.

Construção como ciência

Ao logo do tempo, a geografia passou por inúmeras alterações, foi construída e desconstruída. Isso se deu por conta das correntes filosóficas e do momento histórico vivido ao longo da existência da humanidade.

Entre 1870 até 1950 essa disciplina ficou conhecida como Geografia Tradicional, institucionalizada nas universidades europeias. Basicamente, nessa época, abordava assuntos como região e paisagem. Logo, não se falava de espaço geográfico.

No pós-guerra, nos anos 50, o mundo devorava um enorme avanço tecnológico. Logo, surgiu uma nova geografia. Vale destacar, que aqui começaram a abordar o espaço geográfico e suas transformações. Certamente, todo estudo anterior a essa época, não tratava de assuntos sociais, e acreditavam que não era questão que deveria ser estudado nesta área.

Assim, nasceu a Geografia Crítica. Aliás, agora acreditavam que era responsabilidade dos geógrafos engajarem politicamente, associar a produção cientifica do contexto histórico. Além disso, passaram a relacionar a sociedade com o meio em que vivem, espaço social. Para além disso, o principal brasileiro representando dessa corrente foi o Milton Santos.

Geografia - História, definição, ramos e impôrtancia
Fonte: Jornal GGN

Aqui também nasceu os ramos conhecidas como humanista e cultural. Contudo, veio uma nova percepção de espaço. Assim, abordavam o espaço vivido, experiências e aspectos subjetivos. Logo, o termo “espaço” tornou-se “lugar”. Isto é, lugar é o cotidiano, a ligação da sociedade com o meio.

Portanto, a ciência geográfica traz como protagonista inúmeras discussões sobre seu objeto de estudo. A geografia é a (des)construção de seus estudos, ao longo de anos.

Ramos da Geografia

Essa área de conhecimento é dividida em correntes, o que não significa que devem ser estudados de forma excludente. Basicamente, essa divisão serve para nortear os estudos, já que uma depende da outra. As duas frentes principais são:

1. Geografia Geral

  • Geografia Humana: borda a interação entre a sociedade e o espaço, traz aspectos políticos, socioeconômicos e culturais. Além disso, Geografia Humana divide-se em categorias, como Urbana, Rural e Econômica.
  • Geografia Física: estuda a dinâmica da Terra e dos fenômenos que ocorrem na superfície terrestre. Para completar, ainda se divide em categorias, como Climatologia, Geomorfologia, Ambiental e Hidrologia.
Geografia - História, definição, ramos e impôrtancia
Fonte: Medium

2. Geografia Regional

Estuda as regiões da Terra de forma descritiva. Logo, busca entender as características e singularidades de cada uma delas.

Alguns exemplos de geografia humana:

  • Covenção de Viena: A covenção de viena foi o estabelecimento de um tratado que regulamenta outros tratados. Assim, ela foi proposta pela Comissão de Direito Institucional (CDI) das nações unidas. A propósito ela foi promulgada em 1969 e só entrou em vigor em 1980 quando adquiriu uma estrutura unificada para a lesgilação. Basicamente, uma das suas funções pricipais é denunciar a exclusão ou descumprimento de tratados internacionais relacionado a mercado e armas.
  • O Pacto Andino: Grupo econômico criado em 1969 composto por países da América Latina. Este grupo se originou a partir do acordo de Cartagêna que tem como objetivo o desenvolvimento comercial e a ampliação do mercado.
  • Poder Executivo: É o poder responsável pela interpretação e aplicaçao de leis. Vale lembrar que as leis são criadas pelo poder legislativo e os três poderes ( legislativo, executivo e judiciário) seguem a proposta filosófica e teórica de Montesquieu.

Alguns exemplos de geografia física:

  • Clima temperado: O clima temperado é dividido em outras subcategorias que são: clima temperado oceânico e continetal. No entanto,compreende uma região localizada entre os trópicos e os polos. O clima temperado varia entre as temperaturas de -3°C a 18°C. As regiões da américa do sul, América do Norte, Ásia, Europa e Oceania são exempos de clima tropical.
  • Clima desértico: Esta condição climática está entre as principais do mundo, possui grande amplitude térmica e temperaturas altíssimas durante o dias. Compreende as regiões entre o trópico de Câncer e Capricórnio. A propósito, existem também desertos frios como o Ártico e a Antartida. Basicamente, os desertos quentes estão localizados na África ( kalahari e na Namíbia), na América do Sul ( Peru e Chile) e na América do Norte ( California)
Geografia - História, definição, ramos e impôrtancia
Fonte: Wikipédia

Qual é a importância da Geografia?

Por meio dessa ciência humana podemos entender as relações entre o homem e o meio. Que por sua vez, podemos entender a dinâmica do mundo, contextos históricos e diversidade. Além disso, a influência geográfica em cada cultura.

Basicamente, é com essa disciplina que compreendemos os fenômenos naturais e as alterações que o homem faz no meio ambiente. É de extrema importância, o estudo dessa área de conhecimento, pois pode gerar um desenvolvimento sustentável. Caminhar lado a lado com a natureza.

Geografia - História, definição, ramos e impôrtancia
Fonte: Guia Empreendedor

Gostou dessa matéria? Venha conhecer essa: Você sabia que a Ciência da Geografia nasceu com os gregos?

Fonte: BrasilEscola e Mundo Educação 

Fonte imagem: Currículo Interativo

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.