Glândulas suprarrenais: o que são, funções, hormônios produzidos

As glândulas suprarrenais são glândulas endócrinas, responsáveis pela produção de importantes hormônios. Por exemplo, a adrenalina e noradrenalina são produzidas por elas.

As glândulas suprarrenais são glândulas endócrinas, responsáveis pela produção de importantes hormônios. Por exemplo, a adrenalina e noradrenalina são produzidas por elas.

Também chamadas de glândulas adrenais, elas estão localizadas na cavidade abdominal, acima de cada rim.

Enfim, nas glândulas existem duas regiões: a medula e o córtex. Dessa forma, cada uma produz hormônios diferentes e tem características próprias.

Função das glândulas suprarrenais

Em síntese, a grande função das glândulas adrenais é produzir hormônios. Sendo que esses hormônios atuam na regulação dos  níveis de sódio, potássio e água do organismo.

Além disso, elas estão presentes nas respostas do corpo em situações de stress. Enfim, confira mais sobre esses hormônios:

Hormônios das glândulas adrenais

As glândulas suprarrenais produzem vários hormônios. Os principais são:

1- Cortisol

Em resumo, o cortisol controla o estresse, não é atoa que ele é conhecido como o “hormônio do estresse”. Ele também atua na manutenção dos níveis de açúcar no sangue e da pressão arterial.

2- Noradrenalina

Esse hormônio ajuda na preparação do corpo para uma certa ação em momentos de surpresas, sustos ou fortes emoções.

3- Adrenalina

A adrenalina funciona como uma defesa do corpo. Sendo assim, ela prepara o corpo para uma situação de emergência, sobretudo em situações de estresse.

4- Aldosterona

Por fim, este hormônio atua no equilíbrio dos líquidos sobretudo de sódio e potássio no plasma sanguíneo.

Localização das Glândulas Suprarrenais

O corpo humano conta com duas glândulas adrenais localizadas acima de cada rim. Mais especificamente, entre o diafragma e as faces superomediais dos rins.

Características anatômicas

Cada glândula mede cerca de 5 cm de altura e 2 cm de largura. Desse modo, cada uma mede 1 cm de espessura e pesam até 10 g.

Além disso, elas têm diferenças em relação ao formato. Isso porque, a do lado direito tem um formato triangular. Em contrapartida, a do lado esquerdo se parece com uma meia lua.

Enfim, as glândulas têm duas regiões. São elas:

1- Medula

A medula é a porção central e mais escura da glândula. Sendo que ela é originária da neuroectoderme.

Em síntese, ela é responsável por sintetizar e secretar os hormônios adrenalina e a noradrenalina. Isso de acordo com os estímulos do sistema nervoso.

2- Córtex

Por outro lado, a córtex equivale a 90% da glândula. Sendo que ela é a sua porção externa. Ela tem uma cor amarelada e se subdivide em 3 partes. São elas: zona glomerulosa, fasciculada e reticular.

Enfim, a córtex é originária da mesoderme e formada por tecido epitelial.

Doenças que prejudicam as glândulas suprarrenais

Existem algumas doenças que acabam por afetar as glândulas suprarrenais. Com isso, pode ocorrer a produção excessiva ou reduzida de hormônios. Enfim, as principais doenças são:

1- Insuficiência Adrenal

Essa doença faz com que o córtex adrenal não produza os hormônios esteroides na quantidade certa.

Desse modo, a pessoa pode sentir: fadiga, falta de apetite e náuseas. Além disso, a doença pode causar fraqueza muscular e perda de peso.

2- Câncer da Glândula Suprarrenal

Existem dois tipos de tumores que podem atingir as glândulas. São eles: adenomas do córtex suprarrenal e o câncer cortical suprarrenal.

De forma geral, os sintomas se relacionam com a pressão que o tumor faz sobre os outros órgãos do corpo.

3- Síndrome de Cushing

Essa doença tem como causa a produção em excesso de cortisol. Em síntese, isso ocorre por causa da presença de um tumor na glândula ou problemas na hipófise.

Dessa forma, os sintomas podem ser: má cicatrização de feridas, braços e pernas finas. Além disso, pode haver acúmulo de gordura abdominal e osteoporose.

4- Doença de Addison ou Insuficiência Adrenal Crônica

Por fim, essa doença ocorre quando as glândulas não conseguem produzir os seus hormônios na quantidade certa.

Desse modo, alguns sintomas são: fadiga, falta de apetite, cansaço muscular e vômitos. Além disso, a pessoa também pode ter manchas escuras na pele, desidratação e diarreia.

Curiosidades

Por fim, algumas curiosidades que você pode gostar de saber são:

  • As glândulas suprarrenais recebem um dos maiores suprimentos de sangue do corpo.

  • As glândulas suprarrenais foram descritas cientificamente no ano de 1563. O responsável foi o italiano Bartolomeu Eustachius.

LEIA MAIS

Órgãos do corpo humano – Quais são, funções e características

Sistema Endócrino, o que é? Definição, características e principais órgãos

Os benefícios das bactérias presentes no corpo humano para a saúde

Sistemas do corpo humano – Definição, principais órgãos e características

Novo órgão do corpo humano acaba de ser classificado

25 partes do corpo humano vistas pelo microscópio

O que é genoma? Genes, importância e sequenciamento humano

Fontes: Sanarmed, Toda matéria e, por fim, Sanarmed.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.