História

Holocausto: Oque foi, origem, história, consequências e número de mortos

Conheça como surgiu o holocausto, qual a sua origem e impacto na sociedade. Esse foi o maior genocídio da história de judeus, e do mundo.

Continue lendo após a publicidade

Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) o Holocausto foi uma ação sistemática de extermínio dos judeus. Portanto, o marco histórico das guerras vividas pela humanidade aconteceu em campos de concentração, da Europa.

O Holocausto foi estabelecido pelo regime nazista de Adolf Hitler. No entanto, o termo para essa palavra é designado como sacrifício praticado pelos antigos hebreus. Na história, os sacrifício era uma homenagem aos deuses e a vítima era queimada por completo.

Na sua origem grega, o Holocausto possui a seguinte significância:

  • holos: todo;
  • kaustro: queimado;

Já no hebraico, a palavra holocausto vem de Shoá: a catástrofe.

Continue lendo após a publicidade

Ideologia nazista: racismo transformado em Holocausto

Holocausto: Como surgiu o sistema de exterminação de judeus
Holocausto Adolf Hitler

Disseminado por Adolf Hitler os alemães acreditavam ser superiores aos judeus. Sendo assim, surgiu a denominada raça ariana, que sem misturar com outras raças deveria dominar o mundo.

O idealizador do Holocausto deu os seus primeiros passos quando este estava redigindo o seu livro “Minha Luta”, nos anos 1920, na prisão. No entanto, a ideia foi parte de um plano maior em que Adolf Hitler pretendia colocar em prática quando assumisse o poder: a construção do “espaço vital”.

Nesse sentido, o espaço vital consistia em um vasto território imperial e colonialista alemão, que teria seu centro na Europa. Por isso, a medida que a raça ariana aumentasse, o espaço se alastrava para outros continentes.

A prática do Holocausto na Alemanha Nazista

A história portanto esclarece que o Holocausto é o genocídio de judeus e pessoas de outras etnias engendrado pelo regime nazista.  No século XX, para ser mais exato em 1940, esse ato está entre os mais terríveis da humanidade.

Continue lendo após a publicidade

Ao longo da Segunda Guerra Mundial o Holocausto vitimou aproximadamente seis milhões de pessoas entre:

  • judeus,
  • ciganos,
  • homossexuais,
  • testemunhas de Jeová,
  • deficientes físicos e mentais,
  • opositores políticos.

Mas de qualquer forma, o grupo mais vitimado no Holocausto foi os judeus. Portanto, surge-se com isso a importância do termo Shoah, que para os judeus possui o significado de catástrofe, para denominar o genocídio.

Holocausto Judeu e os arquitetos do genocídio

O povo judeu sempre possuiu a cultura de viver por todo o mundo, devido as suas histórias como nação e povo de Deus.

Por isso, esse povo estava por toda a Europa onde eram aglomerados e transportados, para os guetos e campos de concentração, em vagões de trem.

Continue lendo após a publicidade

Mas esse plano, apenas foi colocado em prática por conta de dois membros do Partido Nazista. Os reformuladores do plano de Holocausto dos judeus foram Reinhard Heydrich e Heinrich Himmler, portanto são considerados arquitetos do Holocausto.

Holocausto: Como surgiu o sistema de exterminação de judeus

Esses dois homens tiveram papel duramente fundamental na história nazista. Reinhard e Heinrich ajudaram Adolf Hitler a construir a indústria.

No início da guerra, as tropas nazistas ocuparam regiões da Europa como, por exemplo:

Continue lendo após a publicidade
  • Países Baixos,
  • França,
  • Holanda,
  • Grécia,
  • Polônia.

Assim sendo, o plano era conduzir os judeus para campos de trabalhos forçados. Contudo, os campos de concentração não tiveram apenas a função de escravizar.

Acontece que função dos campos durante o Holocausto era, além de escravizar pessoas exterminá-las em câmaras de gás nas quais se valorizava o inseticida Zyklon-B.

Você pode conferir um pouco mais sobre os campos de concentração em um artigo especial sobre o Campo de Auschwitz na Polônia, um dos mais importantes e maiores da história.

Hitler, com o conhecimento dos seus arquitetos construiu dezenas de campos para essa finalidade. Após a morte nas câmaras de gás, os corpos eram incinerados em fornos.

Continue lendo após a publicidade

Já nos campos em que não se conseguia incinerar todos os corpos, eram cavadas enormes valas para que fossem depositados os cadáveres.

O único brasileiro vivo, que sobreviveu ao maior campo de concentração contou os seus relatos, que hoje faz parte da triste história do Holocausto nazista.

Holocausto: Como surgiu o sistema de exterminação de judeus

Propagação da ideia Nazista

À época os ministros da propaganda de Adolf Hitler, Alfred Rosenberg e Joseph Goebbelsr foi o maior divulgador, das ideias no líder nazista.

Continue lendo após a publicidade

Sendo assim, a cada passo que as propagandas se espalhavam, as leis contra os judeus cresciam constantemente à medida que os nazistas dominaram o poder.

Infelizmente, vale ressaltar que nos dias de hoje há quem propague a ideia nazista, pois a ideologia é contaminante em pessoas psicopatas.

Dia Internacional de Lembrança do Holocausto

No dia 27 de janeiro de 1945, com o enfraquecimento da Alemanha, os soviéticos chegaram ao campo de Auschwitz, onde libertaram os primeiros prisioneiros. Hoje se usa essa data para relembrar o dia internacional do Holocausto.

Entre vários outros campos que lembram o horror do genocídio estão com, por exemplo:

Continue lendo após a publicidade
  • Dachau e Buchenwald, na Alemanha
  • Treblinka, também na Polônia.

E aí, o que achou deste conteúdo? Separamos para você dois textos que valem a leitura! A propósito, quem herdou a fortuna bilionária do líder nazista! Descubra aqui!

E para nosso conforto, um homem salvou 669 crianças do nazismo. Mas, apesar de calado por muito tempo, a sua ação gerou esperança. Leia!!

Fonte: SignificadoBrasil EscolaHistoria do Mundo.

Fonte das Imagens: noticias.r7, voyager1, JPNAgência Brasil – EBC.

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments