Astronomia

Nasa divulga primeiras imagens coloridas de Plutão

Você já conhece as imagens coloridas de Plutão? Selecionamos as melhores imagens já divulgadas pela NASA

Por Editor

Continue lendo após a publicidade

A Nasa divulgou a primeira imagem colorida da atmosfera de Plutão. O destaque está no céu desse planeta anão, que tem a cor azul, como o da Terra. Essa informação surpreendeu parte dos os cientistas. “Quem esperaria um céu azul no Cinturão de Kuiper [região do Sistema Solar onde fica Plutão]? É deslumbrante”, disse Alan Stern, que é pesquisador do projeto New Horizons.

A Nasa já tinha divulgado imagens da atmosfera de Plutão em preto e branco. Porém, as novas imagens coloridas de Plutão, levantam a suspeita da existência de gelo no planeta tão tão distante. “Grandes extensões de Plutão não apresentam gelo de água exposto”, disse o cientista Jason Cook, “entender por que a água aparece exatamente onde aparece, e não em outros lugares, é um desafio em que estamos começando a trabalhar.”, completou.

Quanto tempo leva para recebermos imagens coloridas de Plutão?

Plutão está a uma distância de cinco bilhões de quilômetros, por isso leva 4,6 horas para que seus sinais de rádio cheguem por aqui. Quando New Horizons tiver se aproximado de Plutão, teremos completado os 9 planetas do modelo ‘clássico’ do Sistema Solar. Essas classificações e categorias mudaram um pouco quando Plutão foi “rebaixado” planeta-anão. As informações são da BBC. Atualmente, as melhores imagens do planeta foram captadas pelo telescópio Hubble.

A primeira imagem colorida de Plutão saiu um pouco borrada e desfocada

PIA09700_modest
A primeira Imagem que tínhamos acesso era essa, um pouco borrada.

Céu azul em Plutão?

PIA19964_modest
Depois a NASA divulgou esta. Fonte: Fonte: NASA por Johns Hopkins da University Applied Physics Laboratory/Southwest Research Institute

Esta imagem foi gerada por um software que combina informações de imagens azul, vermelho e do infravermelho próximo para replicar a cor de um olho humano perceberia tão perto quanto possível. A neblina de elevada altitude pode ter natureza semelhante ao observado na lua de Saturno, Titã. A fonte de ambas as neblinas provavelmente envolvem reações químicas iniciada pela luz solar de azoto e metano, que conduz a partículas relativamente pequenas, de fuligem do tipo (chamados tholins) que crescem como se instalam em direção à superfície.

Continue lendo após a publicidade

Água em plutão?

PIA19963_modest
Fonte: NASA via Johns Hopkins da University Applied Physics Laboratory/Southwest Research Institute

Em Plutão, os sinais mais fortes de gelo ocorrem ao longo Virgil Fossa, a oeste de Elliot – cratera no lado esquerdo da imagem, e também em Viking Terra – próximo a superior do quadro. Um grande afloramento pode ser observado em Bara © Montes (direita). A cena é de aproximadamente 280 milhas (450 quilômetros) de largura. Note que todos os nomes de recursos de superfície são informais.

Confira outras imagens de Plutão que retiramos do site oficial da NASA

PIA09113_modest

PIA19948_modest

PIA19956_modest

Continue lendo após a publicidade

pluto colorido

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments