Já pensou em ser imortal? Cientistas descobrem a imortalidade virtual

Já pensou em deixar todo seu legado mesmo depois da morte? Veja como os cientistas e uma empresa estão desafiando o esquecimento com a imortalidade virtual

Sabe aquele antigo sonho de “morrer” não ser obrigatório? A questão de ser “imortal” já foi e ainda será plano de fundo de muitos livros, cinemas, teatros e histórias que inspiram muitas pessoas nos quarto continente.

A imortalidade também ronda o campo científico e de ficção científica. Mas, recentemente, uma empresa startup, com sigla HUMAI, que significa “Ressurreição Humana Através de Inteligência Artificial” construiu uma ideia que pode perpetuar nossa permanência na terra.

Mas, vamos com calma, nem tudo é possível (pelo menos ainda), então a imortalidade acontece por meio de inteligência artificial e nanotecnologia, que armazena padrões de comportamento, estilo de voz, formação de pensamos e muitas outras informações do nosso corpo.

Ao conseguir armazenar todos essas informações, seria possível criar ainda uma réplica artificial do corpo humano que funcionaria de forma muito idêntica ao corpo que, por ventura, tenha morrido.

Como funcionaria essa maquina da imortalidade virtual?

9624882816_732886cdfc_z

A ideia da imortalidade virtual é simples: ao contratar a empresa, ela se responsabiliza por coletar o máximo de informações possível do corpo e da pessoa que você escolher.

Após a morte dessa pessoa, o “cérebro” com as informações é congelado e quando a tecnologia estiver completamente desenvolvida, seria realizado o “descongelado” e a implantação no corpo artificial, que teria funções controladas com ondas emitidas pelo órgão.

Quando o projeto de imortalidade virtual começa a valer?

viver_de_novo1

O projeto de imortalidade virtual já está no ar, mas estima-se que de capturas de informações até que o primeiro deles saia do “forno”, levaríamos 30 anos. A HUMAI já disponibilizou o hotsite com algumas informações básicas a a divulgação das redes sociais da empresa. Então se quiser saber sobre o projeto de imortalidade virtual na prática, confira este link.

O que a empresa de imortalidade virtual HUMAI fala sobre a morte?

viver_de_novo3

Ao logo da história diversas civilizações e pessoas lutaram contra a morte. Dessa vez, pretende-se, ainda que com recursos virtuais e tecnológicos, imortalizar os gestos, frases, sentimento e demais informações de cada pessoa.

O projeto HUMAI entraria visa estender a experiência humana, uma vez que os corpos artificiais teriam muitas funções. É como se fosse possível constituir um museu sobre imortalidade de cada ser humano que contratar o serviço, possibilitando que essa pessoa vivesse para sempre – pelo menos em ambientes virtuais.

Fonte: PopSci, HUMAI
Crédito Fotos: Divulgação

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.