Biologia

Mutação, o que é? – Conceito, como ocorre, tipos de mutação

A mutação faz com que se modifique o material genético de um ser, podendo passar despercebida ou então causar graves consequências, como as anomalias.

Continue lendo após a publicidade

A mutação é uma modificação no material genético de um determinado organismo, que pode desencadear uma alteração no fenótipo.

As mutações podem se dar por erros na replicação do DNA (espontânea), bem como por exposição a agente mutagênico (induzida). Podem também acontecer em células somáticas ou germinativas.

Na mutação cromossômica ocorre alteração no número ou na estrutura dos cromossomos. Ela pode ser de dois tipos, que é a numérica e a estrutural.

Considerações sobre a mutação

A mutação gera variação nos genes de uma determinada população. Só que a mutação pode desaparecer pela seleção natural, posto que não é favorável à comunidade. Mas se há vantagens para o grupo, permanece e se torna uma evolução por adaptação.

Continue lendo após a publicidade

Saiba o que é Mutação – o que gera, como ocorre e suas consequências

Imagine uma ninhada de lagartos onde uns nascem albinos e outros da cor da folhagem. Obviamente que aqueles que se tornarem mais visíveis ao predador desaparecerão. Dessa forma, pela seleção natural, essa mudação desaparecerá.

Se as mutações forem neutras, seus efeitos em nada influenciarão na aptidão dos indivíduos. Ocorre a chamada deriva genética, posto que tais mutações se acumulam do transcorrer do tempo. Só que há organismos que conseguem eliminar células somáticas antes das mutações.

Por fim, vale ressaltar que as mutações podem se dar de duas maneiras, quais sejam, gênica ou cromossômica.

Continue lendo após a publicidade

A Mutação Gênica

Na mutação gênica há alterações do código de bases nitrogenadas do DNA. Criam-se então novas versões dos genes.

Saiba o que é Mutação – o que gera, como ocorre e suas consequências

Pode então ocorrer substituição, inserção, assim como eliminação de uma ou diversas bases na cadeia de DNA. A mutação gênica pode se dar por substituição, isto é, quando um ou mais pares de bases são trocados.

Pode ser igualmente por inserção, ou seja, insere-se uma ou mais bases ao DNA. Isso altera a ordem de leitura da molécula no transcorrer da replicação ou a transcrição.

Continue lendo após a publicidade

Por deleção se dá assim que se retirar do DNA uma ou mais bases, posto que modifica a ordem da leitura. Tudo isso, obviamente, durante a replicação ou mesmo a transcrição.

Mas se a mutação gênica não causa alterações nos aminoácidos sintetizados, dizemos que ela é do tipo silenciosa.

A Mutação Cromossômica

A mutação cromossômica diz respeito a qualquer modificação no número ou na estrutura dos cromossomos. E ela pode se dar de dois tipos, a saber, mutações numéricas ou estruturais.

As mutações numéricas têm também a denominação de aberrações numéricas, já que podem se classificar em aneuploidias e euploidias.

Continue lendo após a publicidade

Saiba o que é Mutação – o que gera, como ocorre e suas consequências

A Aneuploidia se dá quando tem perda ou acréscimo de um ou mais cromossomos. Isso acontece porque se dão erros na distribuição dos cromossomos durante a mitose ou a meiose. Isso causa a Síndrome de Down, Síndrome de Turner e Síndrome de Klinefelter.

Já a Euploidia acontece assim que há perda ou acréscimo de genomas completos. Aparece assim que os cromossomos se duplicam, só que a célula não se divide. Aqui talvez se formem indivíduos poliploidias, a exemplo de triplóides (3n) ou tetraplóides (4n).

As mutações estruturais atingem a estrutura dos cromossomos, isto é, o número ou o arranjo dos genes nos cromossomos. Elas podem ser de deficiência ou deleção, quando não ocorrer um pedaço ao cromossomo. Ou de duplicação, ou seja, repete uma parte do cromossomo.

Continue lendo após a publicidade

Há também a estrutural de inversão, que é o cromossomo com parte invertida. E por fim a estrutural de translocação, quando um cromossomo apresenta uma parte que veio de outro cromossomo.

Leia também sobre a imunização – conceito, história, tipos e classificação de vacinas.

Fonte: Wikipédia, Brasil Escola, Mundo Educação, Info Escola, Toda Matéria, Só Biologia, Quero Bolsa, Alunos Online.

Fonte das imagens: Banco da Saúde, Super Interessante, Todo Estudo, Notícias R7.

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments