Língua Portuguesa

O que é Assonância?

A assonância é uma figura de som que proporciona uma maior expressividade ao texto, já que ela intensifica a musicalidade e o ritmo.

Continue lendo após a publicidade

A língua portuguesa conta com várias figuras de som que ajudam a conferir expressividades, ritmo e musicalidade aos textos. Uma dessas figuras de linguagem é a assonância. 

O que é assonância?

A assonância é uma figura de linguagem, mais especificamente uma figura de som ou figura de harmonia. Em resumo, ela consiste na repetição harmônica de sons vocálicos (vogais) em uma frase.

Desse modo, ela é um recurso estilístico muito usado na literatura, provérbios populares e na música. Isso porque, ela proporciona uma maior expressividade ao texto, já que ela intensifica a musicalidade e o ritmo.

Enfim, para você entender melhor como ela funciona na prática, confira o exemplo de assonância:

Continue lendo após a publicidade

“Meu amor/O que você faria/Se só te restasse esse dia?/Se o mundo fosse acabar/Me diz o que você faria” (O que você faria – Lenine). Neste exemplo, ocorreu a repetição das vogais “ia”.

Mais um exemplo:

“Juro que não acreditei, eu te estranhei/Me debrucei sobre teu corpo e duvidei/E me arrastei e te arranhei/E me agarrei nos teus cabelos” (Atrás da Porta – Chico Buarque). Neste caso, a repetição foi nas vogais “ei”.

Apesar de ocorrer muito em poemas e letras de música, a assonância também está presente em textos em prosa. Por exemplo:

Continue lendo após a publicidade

“Cassiano pensou, fumou, imaginou, trotou, cismou, e, já a duas léguas do arraial, na estrada do norte, os seus cálculos acharam conclusão:

Acertei minha ideia: eu não podia, por lei de rei, admitir o extrato daquilo” (Guimarães Rosa).

Quais são as figuras de som além da assonância?

Além da assonância, outras figuras de som importantes são:

1 – Aliteração

A aliteração é uma figura de som muito confundida com a assonância. No entanto, as duas são diferentes. Em síntese, a aliteração é a repetição de consoantes. Por outro lado, a assonância é a repetição de vogais.

Continue lendo após a publicidade

Ou seja, a diferença entre elas é que uma repete consoantes e outra repete vogais. Portanto, para você garantir que você entendeu a diferença entre as duas, vamos usar exemplos.

Um exemplo de aliteração é: “O pato pateta pintou o caneco” (Vinícius de Moraes). Neste exemplo, houve a repetição das consoantes “p” e “t”.

Já um exemplo de assonância é: “Minha foz do Iguaçu/Pólo sul, meu azul/Luz do sentimento nu (Djavan). Aqui ocorreu a repetição da vogal “u”.

Por fim, existem ainda os casos onde a assonância e a aliteração aparecem juntas em versos ou frases. Por exemplo: 

Continue lendo após a publicidade

“Na messe, que enlourece, estremece a quermesse…/O sol, celestial girassol, esmorece…/E as cantilenas de serenos sons amenos/Fogem fluidas, fluindo a fina flor dos fenos…” (Eugênio de Castro).

Em síntese, nesse exemplo, temos a aliteração dos fonemas “ss” e “c” e repetição da consoante “f”. Em contrapartida, a assonância é percebida na repetição das vogais tônicas “e”.

2 – Paronomásia

Essa figura de som usa palavras parônimas como elemento estilístico. Sendo que os parônimos são os termos que se parecem na grafia e na pronúncia, mas que possuem sentidos diferentes. Dessa forma, alguns exemplos disso são:

  • Inflação (alta dos preços) e infração (violação);
  • Tráfego (trânsito) e tráfico (comércio ilegal);
  • Emigrar (deixar um país) e imigrar (entrar num país);
  • Flagrante (evidente) e fragrante (perfumado).

Além disso, vale destacar que essa figura de som é muito usada na linguagem coloquial. Sendo assim, nos provérbios populares ela ocorre através de trocadilhos e jogos de palavras. Por exemplo:

Continue lendo após a publicidade
  • Ouço meu osso rangendo. (osso – parte do corpo; ouço – verbo ouvir)
  • Comi tanto que eu dispenso sua despensa. (dispensa – ato de dispensar; despensa – local onde se guardam alimentos)
  • Depois de recrear, ele foi recriar seu mundo. (recrear – divertir; recriar – criar novamente)

3 – Onomatopeia

Por fim, temos a onomatopeia, uma figura de som muito usada para conferir maior expressividade aos textos. Ela consiste na imitação de sons reais de animais, objetos ou pessoas. Alguns exemplos são: 

  • Armandinho disse que o miau comeu o piu-piu que estava na árvore.
  • O fiu-fiu era geral, e tal assédio a incomodava.

Enfim, gostou de aprender o que é assonância e quais são as figuras de som? Então não deixe de conferir também: Sílaba tônica: classificação das palavras quanto à posição da sílaba tônica

Bibliografia:

Assonância. Toda matéria. Acesso em: 10 de março de 2022.

Continue lendo após a publicidade

Assonância. Mundo educação. Acesso em: 10 de março de 2022.

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments