Principal » História » Hermafrodita: o que é, tipos de hermafroditismo e como identificar

Hermafrodita: o que é, tipos de hermafroditismo e como identificar

O hermafroditismo, também conhecido como intersexualidade, é a pessoa que tem os genitais feminino e masculino ao mesmo tempo.

Hermafrodita, o que é? É possível acontecer entre humanos?

Hermafrodita é a pessoa que tem os genitais feminino e masculino ao mesmo tempo. Sendo que o tratamento varia de acordo com a idade em foi identificado.

Tipos

O hermafroditismo é também conhecido como intersexualidade. Enfim, ele pode ser dos tipos:

1- Hermafrodita verdadeiro

Este 1º tipo é raro. Em resumo, ela ocorre quando uma pessoa nasce com os órgãos sexuais femininos e masculinos. Sendo que ambos os órgãos internos e externos são bem formados.

Porém, apenas um órgão de fato se desenvolve de forma normal, o outro fica atrofiado.

No entanto, existem casos bem raros, em que um hermafroditismo verdadeiro tem o desenvolvimento normal e ao mesmo tempo dos dois órgãos genitais.

2- Pseudo – hermafrodita feminino

Neste caso, a pessoa nasce com os ovários. Contudo, a genitália externa masculina é bem definida. Isso ocorre, geralmente, pelo desenvolvimento anormal do clitóris, que fica com o formato parecido com o pênis.

3- Pseudo – hermafrodita masculino

Por fim, neste tipo, temos a pessoa que nasce com a genitália feminina. Mas sem os ovários e o útero. Além disso, os testículos se alojam dentro da cavidade pélvica.

Causas

Ainda não foram totalmente esclarecidas quais são as possíveis causas para o hermafroditismo humano. No entanto, uma das teorias é de que o óvulo possa ter sido fertilizado por 2 espermatozoides diferentes.

Outra possível causa é que possam ter ocorrido importantes alterações genéticas durante o desenvolvimento do bebê.

Como identificar

É possível identificar assim que a criança nasce. Mas em certos casos, só é possível identificar o hermafroditismo na adolescência. Isso por meio de exames laboratoriais e de imagem.

Pode acontecer, por exemplo, de uma criança nascer com a região genial externa masculina bem definida. Contudo, ao chegar na adolescência, a pessoa menstrua ou desenvolve mamas.

Em casos como este, é importante consultar um médico para que seja feito o diagnóstico.

O hermafrodita pode ter filhos?

Não. No geral, os hermafroditas não podem ter filhos. Isso porque os órgãos como ovários e testículos não conseguem produzir óvulos ou espermatozoides.

Por exemplo, existem casos de hermafroditas com útero. Mas este órgão pode não estar funcionando de forma correta. Sendo assim, ele pode não permitir a gravidez.

Tratamento

O tratamento vai depender da idade em que a condição for identificada. Sendo que pode envolver a reposição hormonal ou cirurgia para definição do sexo.

Se for identificado assim que a criança nascer, o sexo é definido de acordo com as características do bebê. Além disso, de acordo com as recomendações médicas, pode ocorrer a cirurgia.

Por outro lado, se o hermafroditismo for notado na adolescência, cabe à própria pessoa decidir o seu sexo. Isso de acordo com o gênero que ela se identifica.

Neste caso, pode ser feito, por exemplo, a reposição hormonal. O intuito é estimular o desenvolvimento de características relacionadas ao sexo escolhido pela pessoa.

Isso pode ser feito, por exemplo, por meio do estrogênio. Ele ajuda no desenvolvimento de características femininas.

Por outro lado, pode ser usado também a testosterona. Neste caso, ele ajuda no desenvolvimento das características masculinas.

Vale destacar que é essencial o acompanhamento psicológico. Isso porque, vão ocorrer muitas mudanças físicas que podem gerar muitas emoções.

Enfim, gostou de aprender sobre o hermafroditismo? Então não deixa de ler outros textos aqui no site que você pode gostar. Por exemplo, você sabe qual é o tamanho normal do pênis?

Além disso, você pode gostar de aprender onde fica o ponto G masculino; e qual é o trio de ouro para o orgasmo feminino!

Por fim, você pode gostar de descobrir ainda quais são as características corporais mais raras do mundo; e o que define a cor dos olhos de uma pessoa.

Fontes: Wikipédia; Huffpost; Tua Saúde; Minha Vida; Diário de Biologia; El País; Ideafixa; Estudo Prático; Diário de Notícias; Minuto Saudável; e, por fim; Mundo Educação.

Bibliografia:

  • Battiston, F. G., Rampazzo, B., Ferreira, G. A. F., Caregnatto, N., & Zilli, D. C. (2017). O QUE É HERMAFRODITISMO HUMANO?. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê2, e13281.
  • MACHADO, José L.; AMARAL, Waldemar N.: MACHADO, Lívia N. et al. Pseudo-hermafroditismo masculino: relato de caso. RBUS. Vol 14. 18 ed; 2013.
  • Nações Unidas no Brasil – ONUBR.
  • Hiperplasia Adrenal Congênita (HAC) – Ministério da Saúde.
  • ABRAI – Associação Brasileira de Intersexos.
  • As novas definições e classificações dos estados intersexuais: o que o Consenso de Chicago contribui para o estado da arte? – Scielo.
  • Intersexualidade: uma clínica da singularidade – Scielo.
  • Hermafroditismo verdadeiro: experiência com 36 casos. – Scielo.
  • REVISTA CUBANA DE INVESTIGACIONES BIOMÉDICA. Causas genéticas relacionadas con anomalías en la diferenciación sexual en animales mamíferos. 2015.
  • SANCHEZ DE LA CRUZ, B et al. Hermafroditismo Verdadero. Rev. Venez. Endocrinol. Metab. 3. 2; 2005.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.