História

Pearl Harbor, o que foi? – Contexto histórico e as consequências do ataque

O ataque à base naval de Pearl Harbor marcou a entrada dos Estados Unidos e do Japão na 2ª Guerra. O resultado foi mortes e navios destruídos.

Continue lendo após a publicidade

A Segunda Guerra Mundial ocasionou em vários acontecimentos desastrosos. Dentre eles podemos citar o Holocausto, o expansionismo alemão, além dos ataques à Hiroshima e Nagasaki. Porém, um fato foi crucial para que a participação dos EUA e do Japão fosse concretizada, o ataque japonês a Pearl Harbor.

Assim, na manhã do dia 7 de dezembro de 1941, soldados japoneses foram responsáveis por bombardear Pearl Harbor, base norte americana localizada no Havaí. Dessa forma, o ataque foi desastroso, matando mais de dois mil soldados americanos. Além disso, deixou feridos e navios destruídos.

Com a ação, o Japão entrava definitivamente na Segunda Guerra Mundial ao lados dos países do Eixo. Assim, após alguns dias, Alemanha e Itália declaram guerra aos Estados Unidos, que fazia parte dos países Aliados. O conflito que inicialmente se concentrava apenas na Europa, se espalhou pela mundo.

O ataque a Pearl Harbor

A Europa já estava em guerra com a Alemanha, Hitler e todo o processo de expansionismo alemão. Os ideais extremistas só cresciam e os conflitos aumentavam. Assim, em 1941, o Japão possava por momentos de expansão tanto do Império Japonês como economicamente e militarmente.

Continue lendo após a publicidade
Pearl Harbor, o que foi? Contexto histórico e as consequências do ataque
Explosão na Estação Aérea Naval dos EUA, Pearl Harbor. Fonte: Knkx

Dessa forma, os japoneses almejavam alcançar os países europeus, que já viam na onda do crescimento territorial com o nazismo e o extremismo de direita. Além disso, queriam dominar os Estados Unidos para obter mais terras, além de recursos naturais.

No início, o Japão declarou guerra contra a China, a vizinha na ásia. Porém, outros países como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e os Países Baixos tinham o mesmo interesse político que o Japão. Dessa forma, também interessados no sudeste da Ásia, os países europeus e os EUA não concordaram com os ataques a China.

Todos esses países faziam parte do que era chamado de Liga das Nações. Assim, após o ataque a China, fizeram uma reunião diplomática para decidir sobre questões territoriais. Logo, insatisfeito, o Japão saiu da Liga e em 1939 os EUA cortaram as relações comerciais com o país.

O Japão, por outro lado, se aliou à Alemanha assinando o Pacto Tripartite, em 1940. Dessa forma, Japão, Alemanha e Itália eram o grupo do Eixo durante a Segunda Guerra Mundial. Logo, os Estados Unidos dificultou todas as importações japonesas.

Continue lendo após a publicidade

Os conflitos

Além das dificuldades impostas pelos EUA em relação às embarcações japonesas, outros fatores foram determinantes para que os países iniciassem uma guerra.

Dessa forma, o bloqueio do Canal do Panamá foi um ponto importante para que os japoneses se contrariassem. Isso porque, o fechamento do canal não permita que navegações japonesas fossem liberadas, o que impactou diretamente na economia do país.

Pearl Harbor, o que foi? Contexto histórico e as consequências do ataque
Fonte: National Interest

Os Estados Unidos não esperam pelo ataque, mesmo que estivessem com tudo preparado caso algo acontecesse. Assim, após o pedido de saída ordenado pelos EUA ao Japão e China, os japoneses entenderam que a atitude foi agressiva e autoritária. Dessa forma, o Japão começa a planejar o ataque, já em 1941.

Nesse sentido, os japonese contaram com a inteligência e a ousadia para surpreender os norte americanos. Dessa forma, mandavam representes pacifistas, porém, a ação não passava de estratégia. Enquanto isso, planejavam o ataque surpresa à base de Pearl Harbor.

Continue lendo após a publicidade

O ataque

O ataque a Pearl Harbor foi planejado pelo almirante Yamamoto. Assim, o ataque consistiu em seis porta-aviões e mais de 400 navios. Logo, o ação pegou os norte americanos desprevenidos. Dessa forma, cerca de dois mil americanos foram mortos, além de mais de mil feridos e navios destruídos.

Pearl Harbor, o que foi? Contexto histórico e as consequências do ataque
Um pequeno barco resgata um membro da tripulação de Pearl Harbor. Fonte: Hid

Porém, apesar de toda a estratégia arquitetada para atacar os Estados Unidos, o Japão não possuía a mesma eficiência bélica e a força naval dos norte americanos. Assim, todo o esforço em traçar estratégias para uma possível dominação e neutralização do inimigo foi considerado um fracasso.

Dessa forma, após o ataque a Pearl Harbor os EUA contra-atacaram com treze navios de guerra e nove navios mercantes. Assim, os Estados Unidos declaram guerra ao Japão no dia 8 de dezembro de 1941. O conflito teve duração de quatro anos e terminou apenas em 1945 com a derrota do Japão.

Achou interessante? Você pode conferir muitos outros assuntos sobre a Segunda Guerra Mundial aqui com a gente. Então, corre e confere os ataques à Hiroshima e Nagasaki – 5 fatos curiosos sobre o ataque do USA ao Japão

Continue lendo após a publicidade

Fontes: Info Escola, Mundo Educação

Fonte imagem destaque: Britannica

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments