Para educadores

Pesquisadores revelam o “trio de ouro” para o orgasmo feminino

Continue lendo após a publicidade

Um grupo de pesquisadores americanos sugerem que a combinação ideal para fazer sua parceria atingir o orgasmo seja a seguinte: estimulação genital, sexo oral e beijos profundos. Parece fácil e obvio, porém a realidade é que os  homens conseguem orgasmo muito mais frequentemente do que as mulheres.

O time de pesquisadores da Universidade de Indiana e da Universidade Chapman entrevistou mais de 52 mil pessoas – que incluíam uma série de homens e mulheres heterossexuais, gays, lésbicas e bissexuais com idade entre 18 e 65 anos – e concluiu que o “trio de ouro” de ações garantem o orgasmo feminino.

O estudo foi publicado no periódico Archives of Sexual Behavior, e revela também que quando o assunto é prazer, as mulheres saem perdendo. Dos entrevistados, 95 por cento dos homens heterossexuais relataram que eles tiveram orgasmo durante relações sexuais, enquanto apenas 65 por cento das mulheres heterossexuais tiveram.

Continue lendo após a publicidade

A solução para a diferença no placar

O trio de ouro mencionado acima e informação são a principal maneira de igualar o placar. Cerca de 30 por cento dos homens pensam que o sexo vaginal é a melhor maneira para as mulheres atingirem o orgasmo, e isso não poderia estar mais longe da verdade.

Apenas 35 por cento das mulheres heterossexuais tiveram orgasmos durante o sexo vaginal. Por outro lado, 80 por cento das mulheres heterossexuais e 91 por cento das lésbicas conseguiram chegar lá após o trio de ouro ser colocado em ação.

Com base em suas descobertas, os autores supõem que é uma falta de consciência, especificamente sobre a biologia do corpo feminino associada com o orgasmo, que é culpa da lacuna. Os orgasmos femininos, simplesmente não devem ser raros.

 

Fonte: IFLScience.
Imagens: Zaretska Olga/Shutterstock e iStock, Getty Images.

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments