Biologia

Pirâmides ecológicas, o que são? Definição, características e tipos

As pirâmides ecológicas representam de forma gráfica a estrutura trófica de um ecossistema, sendo divididas de três formas diferentes.

Continue lendo após a publicidade

A cadeia alimentar é formada pela relação entre matéria e energia que os seres vivos utilizam para sobreviver. Dentro da ordem que forma a cadeia, existem os níveis tróficos, representados de forma gráfica pelas pirâmides ecológicas. 

Em outras palavras, as pirâmides ecológicas representam a distribuição dos níveis tróficos, que, por sua vez, são classificados de acordo com os valores presentes em cada nível. A primeira parte da pirâmide, ou seja, a base, é formada pelos produtores. Em seguida, vem os consumidores.

Diferente da classificação que ocorre na cadeia alimentar, dentro das pirâmides ecológicas não existe a representação dos decompositores. Sendo assim, as pirâmides representam as interações que ocorrem entre as espécies, ou seja, o fluxo de energia e matéria entre cada nível trófico. 

Tipos de pirâmides ecológicas

As pirâmides ecológicas representam de forma gráfica a estrutura trófica de um ecossistema. Basicamente, as pirâmides são formadas por níveis, onde na base se encontram os produtores, em seguida vemos consumidores primários, secundários e terciários e assim por diante.

Continue lendo após a publicidade
Pirâmides ecológicas, o que são? Definição, características e tipos
Minuto Biológico

Com isso, existem três tipos de pirâmides ecológicas, sendo elas:

Pirâmide de números

Dentro da representação das pirâmides ecológicas, as pirâmides de números representam a quantidade numérica dos indivíduos que estão envolvidos na cadeia alimentar. Portanto, esta pirâmide indica quantos indivíduos/espécies existem em cada nível trófico. 

Para tornar a explicação mais compreensível, para a um exemplo. Imagine que em comunidade exista 500.000 ervas, classificadas como produtores, 50.000 roedores, que são herbívoros e consumidores primários, 10.000 serpentes, consumidores secundários, e 10 águias, consumidores terciários.

Pirâmides ecológicas, o que são? Definição, características e tipos
Biologia Net

Aqui podemos ver que a pirâmide se forma de acordo com a quantidade de indivíduos presente em cada nível trófico. Sendo assim, os produtores formam a base da pirâmide, que logo vem acrescida dos consumidores primários, secundários e terciários. 

Continue lendo após a publicidade

Entretanto, em alguns casos, a pirâmide de números também pode ser invertida. Vamos para outro exemplo: considere que em uma comunidade a quantidade de produtores é baixa, como uma única árvore que alimenta uma grande quantidade de herbívoros, por exemplo. 

Neste caso, a pirâmide se torna invertida, já que a quantidade de consumidores secundários e consumidores primários é maior do que a quantidade de produtores. 

Pirâmide de biomassa

Assim como a pirâmide de números, a pirâmide de biomassa também faz parte das divisões das pirâmides ecológicas.

Pirâmides ecológicas, o que são? Definição, características e tipos
Cola Web

Neste tipo de pirâmide, o que ocorre é a representação gráfica da quantidade de matéria orgânica que cada nível trófico possui. Sendo assim, a biomassa representa a massa do organismo por unidade de área, ou seja, kg/m2 ou g/m2.

Continue lendo após a publicidade

Normalmente, neste tipo de pirâmide, a base trófica é maior que o ápice da pirâmide. Porém, em alguns casos, pode ocorrer a inversão da pirâmide de biomassa. Um exemplo comum é o que acontece nos ambientes aquáticos, onde os produtores, por serem pequenos e se multiplicam muito rápido, possuem vida curta e acumulam pouca matéria. 

Pirâmides ecológicas – energia

Dentro da classificação das pirâmides ecológicas, as pirâmides de energia representam a quantidade de energia que cada nível trófico possui. Diferente dos demais tipos de pirâmides ecológicas, a pirâmide de energia é a única que não pode ser representada de forma invertida. 

Isso porque dentro deste tipo de pirâmide fica posta de forma gráfica a produtividade energética de cada tipo de comunidade. Sendo assim, a base da pirâmide sempre será representada pelos reprodutores, onde os demais seres que compõem a cadeia se tornam dependentes da energia produzida na base. 

Cola Web

Dessa forma, a energia que é produzida na base dessa pirâmide ecológica passa para os herbívoros, no caso consumidores primários, e apenas uma parte desta energia é transmitida ao consumidores secundários e terciários. 

Continue lendo após a publicidade

Nesse sentido, a quantidade de energia produzida pelos produtores é melhor aproveitada quando as cadeias alimentares são menores. Além disso, a quantidade de energia presente em cada nível trófico é representada por Kcal/m2.ano.

O que achou da matéria? Se gosto, confira também qual a Classificação dos seres vivos e o que são Corais.

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria, Educação Globo e Biologia Net 

Imagens: Vestibulandoweb, Minuto Biológico, Biologia Net,

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments