Prefixo e sufixo, o que são? Definição, característica e diferenças

Na língua portuguesa, prefixo e sufixo são morfemas, também chamados de afixos, que possuem a função de transformar um radical.

Prefixo e sufixo são morfemas utilizados dentro da língua portuguesa para compor novas palavras com novos significados. Também chamados de afixos, estes morfemas são bastante utilizados na composição de palavras que passam a ter um significado diferente.

Basicamente, o prefixo é o morfema que vem antes de um radical e o sufixo é aquele que vem depois do radical. Por exemplo, na palavra contradizer temos o radical, que é dizer, e o contra se caracteriza como o prefixo do radical, tornando a palavra com um significado diferente.

Por outro lado, na palavra decrescer temos escer como sufixo do radical crescer, assim como no exemplo trovejar (sufixo: ejar) e em pugilismo (sufixo: ismo). Em todos os casos, o prefixo e sufixo funcionam como transformadores das palavras, quando adicionados na frente ou no final de cada radical.

Prefixo e sufixo

Na língua portuguesa, prefixo e sufixo são morfemas, também chamados de afixos, que possuem a função de transformar um radical, ou seja, uma palavra, em outra palavra com significado diferente.

Prefixo e sufixo, o que são? Definição, característica e diferenças
Mostra sua Língua

Em síntese, o prefixo é colocado antes de um radical e o sufixo é colocado no final do radical. Alguns exemplos de ambos os morfemas são:

  • trovejar (sufixo: ejar)
  • Antivírus (prefixo: anti)
  • Hipertensão (prefixo: hiper)
  • Desacelerar (prefixo: des)

Prefixos

O prefixo e sufixo possuem significados diferentes. Os prefixos, também chamados de afixos, são morfemas que, ao serem colocados na frente de um radical, transformam o sentido da palavra, mas mantém a mesma classe gramatical. Na língua portuguesa, os prefixos possuem origem grega ou latina.

Alguns prefixos latinos são: ab – , ante -, contra -, pos -, semi -, dentre outros. Com estes prefixos é possível formar as seguintes palavras: abdicar, antepor, contradizer, posterior e semicírculo.

Já alguns dos prefixos gregos são: anti -, cata -, epi -, eu -, hiper -, para -, pro -. Com estes sufixos podemos formar as seguintes palavras: antipatia, cataclismo, epílogo, eufonia, hipertensão, paralelo e prólogo.

Sufixos

Dentro da denominação de prefixo e sufixo, os sufixos, assim como os prefixos, são morfemas e afixos que mudam o sentido de uma palavra ao transformar o seu radical. Sendo assim, os sufixos são postos sempre no final do radical e formam uma palavra diferente, com significado diferente, e em alguns casos, com uma diferente classe gramatical.

Além disso, os sufixos são classificados de três formas: nominais, verbais e adverbiais. Os sufixos nominais, classificados em aumentativos e diminutivos, assim como o nome sugere, são aqueles que dão nome a algo, ou seja, quando formam substantivos e adjetivos.

Em outras palavras, possuem significado de qualidade, lugar, ciência, etc. Por exemplo:

  • causador (sufixo: dor)
  • credibilidade (sufixo: dade)
  • principado (sufixo: ado)
  • geometria (sufixo: ia)
  • sagaz (sufixo: az)
  • Pedrinho (sufixo: inho)
  • grandalhão (sufixo: alhão)

Por outro lado, o sufixo verbal é aquele que transforma a palavra em verbo, após ser colocado no final do radical. Por exmplo:

  • folhear, espernear (sufixo: ear)
  • bebericar (sufixo: icar)
  • amanhecer, anoitecer (sufixo: ecer)

Por fim, dentro da denominação de prefixo e sufixo, o sufixo adverbial transforma a palavra, após ser posto no final do radical, em um advérbio. Normalmente, as palavras transformadas por estes morfemas terminam sempre com o sufixo – mente. Por exemplo:

  • Calmamente.
  • Possivelmente.
  • Tranquilamente.
  • Agitadamente.
  • Antigamente.

Processo de formação das palavras – prefixo e sufixo

Em síntese, as palavras são formadas a partir de dois processos que envolvem o prefixo e o sufixo. Estes processos, chamados de derivação e composição, formam as palavras por meio de ou mais radicais.

Prefixo e sufixo, o que são? Definição, característica e diferenças
Pinterest

Dessa forma, no caso da derivação, as palavras são formadas por meio de um radical. A formação, neste caso, pode ser por meio do acréscimo de um prefixo ou de um sufixo, que vai transformar o sentido da palavra, porém a deixando na mesma classe gramatical.

Dentro da derivação, temos o processo de prefixação ou de sufixação. Basicamente, a prefixação é quando adicionamos prefixos antes da palavra principal, ou seja, antes do radical.

Por outro lado, a sufixação é quando adicionamos o sufixo no final do radical, transformando assim a palavra original.

Então, o que achou da matéria sobre prefixo e sufixo? Se gostou, confira também o que é Intertextualidade e Acentuação Gráfica.

Fontes: Educa mais Brasil, Toda Matéria, Blog do Enem e Todo Estudo

Imagens: Guia Estudo, Mostra sua Língua e Pinterest 

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.