Geografia

Umidade do ar, o que é? Formação, principais fatores e consequências

As gotículas de água que sobem para a atmosfera formam a umidade do ar, que influência nas temperaturas e composição das chuvas.

Continue lendo após a publicidade

Você sabia que tem água no ar? Aliás, são gotículas na forma gasosa que auxiliam nossa respiração. A umidade do ar é provocada pelo volume do vapor de água que sobe até a atmosfera. Isso quer dizer que a chuva é constituída por esse fenômeno, que define quando o ar fica seco ou úmido. Além disso, essa movimentação pode ocorrer de um dia para o outro.

Em geral, a umidade do ar exerce influência nas temperaturas, na formação de chuvas, na sensação térmica e na saúde da população. Assim, quando a umidade relativa do ar cai em uma determinada região, as chuvas se tornam raras e o clima fica seco.

Ao contrário, a umidade do ar muito alta provoca chuvas intensas. Na Amazônia, por exemplo, o clima úmido resulta em tempo chuvoso com maior frequência. Isto porque, as árvores altas bloqueiam a passagem de calor até o solo. Como também, a água em excesso colabora com o clima úmido.

Umidade do ar

Quando se fala em umidade relativa do ar nas previsões meteorológicas, existem os tipos chamados umidade real ou teórica. A primeira utiliza aparelhos como o higrômetro para medir a quantidade exata. A segunda é estimada pela variação entre 0% a 100%, desde a ausência até a saturação de vapor de água no ar.

Continue lendo após a publicidade
Umidade do ar
Conela

Existem recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), caso a umidade do ar atinja um valor abaixo de 20%. Isto porque esse nível pode causar risco à saúde da população, sendo mais comum o sangramento nasal e doenças respiratórias, como rinite, sinusite e alergias.

Portanto, é natural as pessoas se sentirem mal nos dois extremos, sendo em dias secos ou úmidos demais. O organismo humano suporta a umidade do ar entre 40% e 70%. Em razão disso, é recomendado evitar atividades físicas das 10h às 15h em situações de alerta.

Fatores que influenciam o vapor de água:

  • Maritimidade: a umidade do ar costuma ser maior nas regiões litorâneas, porque possuem elevado índice de evaporação das águas oceânicas;
  • Continentais: geralmente, o ar é mais seco nas regiões interioranas, onde há grandes proporções de terra;
  • Massas de ar: as chuvas aumentam em regiões com massas de ar carregadas de umidade. Como também, conservam uma região sem umidade quando há massas de ar seco;
  • Vegetação: as regiões de floresta produzem a evapotranspiração, um bombeamento de água da superfície e do solo direto para o ar. Aliás, são áreas com índices altíssimos de umidade, que deslocam vapor para outras regiões do país.
Temperatura quente
Campo Grande News

A sensação térmica varia conforme a umidade do ar, visto que a temperatura é maior no ambiente úmido. Em outras palavras, o abafamento é causado pelo calor e o aumento da umidade.

A saber, em locais como o deserto, as temperaturas variam muito. Nesse sentido, a umidade do ar baixa não consegue manter a temperatura, que apresenta oscilação de 50°C de dia e -10°C a noite.

Continue lendo após a publicidade

Os efeitos em nosso corpo se mostram através da respiração. Quando o ar está úmido, suamos muito, pois a evaporação da água é dificultada. No entanto, se o ar está seco, pode causar ressecamento na pele e perda de líquido no organismo. Por isso, a hidratação é importante com bastante água e alimentação adequada.

Por fim, o que achou dessa matéria? Se gostou, confira também: Origem da água – Teoria, formação e desenvolvimento do Sistema Solar

Fontes: Só Biologia, Mundo Educação, Toda Matéria e Escola Kids

Imagens: Pinterest, Conela e Campo Grande News

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments