Unhas: Oque são, funções, mancha branca, características e doenças

As unhas são placas córneas de células mortas. Pode crescer até 3mm por mês nas mãos. No entanto, nos pés cresce somente 1mm no mesmo tempo.

Unhas humanas também são conhecidas como lâminas ungueais. Portanto, são placas córneas de células mortas. Elas são chatas e compactas. Além disso, a unha é costuma ser resistente e translúcida.

A unha pode crescer até 3mm por mês nas mãos. No entanto, nos pés cresce somente 1mm no mesmo tempo. Quando a unha da mão cai, por exemplo, ela demora cerca de 4 meses para se regenerar totalmente. Contudo, as unhas dos pés demoram oito meses. O processo de crescimento pode alterar devido a alguma doenças ou a falta de nutrientes.

Características

A composição das unhas envolve queratina. As unhas são formadas por epitélios básicos. Por isso as principais são: matriz ungueal, leito ungueal, prega ungueal proximal e o hiponíquio.

Cuccio
  • Matriz: É onde se localiza o epitélio germinativo. Como, por exemplo, a propagação celular. Sendo assim, produzem o prato ou a placa ungueal.
  • Placa Ungueal: A placa ungueal é a região que cobre a parte de cima da unha.
  • Leito Ungueal: Já o leito é a região que se encontra na parte de baixo da unha.
  • Lúnula: É aquela manchinha branca próxima a matriz. Mais a frente iremos aprofundar sobre esta região.
  • Borda livre: Essa parte é famosa por ser toda a extensão que ultrapassa o dedo. Portanto, é a área que é cortada pelas pessoas como forma de higiene. Sendo assim, evitar o acúmulo de sujeira na parte inferior dela.
  • Hiponíquio: É o contorno onde a borda livre se inicia.
  • Prega Ungueal Proximal: É a ligação da unha com a pele.

Função das unhas

Ekonomista

Uma das funções das unhas é proteger as extremidades dos dedos das mãos e dos pés. Além disso, auxilia no manuseio de pequenos objetos. Ademais, potencializa na sensibilização da polpa digital.

Manchas Brancas

A matriz ungueal onde tudo começa, é o epitélio que ocorre a proliferação das células, onde a unha começará a ser formada. Após a formação destas células forma o prato ungueal estrutura que cobre o leito ungueal que é a região por baixo da unha. Nesse prato ungueal aparece uma região conhecida como meia lua da unha, uma parte esbranquiçada como um semicírculo, essa parte da unha se chama lúnula.

A lúnula, juntamente com a matriz ungueal são as partes mais importantes e fundamentais da unha porque é neste local onde estão as células necessárias para a sua formação, ou seja, qualquer desordem, alteração, interferência ou trauma neste local acaba prejudicando todo o processo de crescimento e desenvolvimento saudável da unha.

Portanto é muito importante verificar alterações nas suas unhas, pois pode ser algum sintoma de alguma doença ou problemas em seu organismo.

O grande problema de se tirar cutículas, prática bastante comum entre as mulheres, é que fazendo isso a lúnula fica desprotegida contra infecções por microrganismos, afetando diretamente na formação e crescimento das unhas.

Doenças

Instituto Muratori

As unhas também podem ficar doentes como, por exemplo, quando elas ficam opacas, quebradiças e sem brilho. Ou seja, como em casos de onicomicoses. Nesses casos, aparece fungos, manchas e até mesmo a queda da unha. Outra doenças é a psoríase ungueal que causa rachaduras. Além disso, pode deixa-la torta.

Outras razões que afetam as unhas são doenças como hipertiroidismo e alguns casos de leucemia. Ademais, o uso excessivo  de esmaltes é outro motivo que enfraquece as unhas.

Fonte: Drauzio, Brasil Escola, Diário de Biologia.
Imagens: Ekonomista, Cuccio, Instituto Muratori

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.