Geografia

Você sabe qual a diferença entre um solo orgânico e outro inorgânico?

A diferenciação entre solo orgânico e inorgânico está na composição de cada um, mas ambos se complementam quando na busca da fertilidade.

Continue lendo após a publicidade

Antes de falar sobre solo orgânico e inorgânico é preciso compreender o que é solo. O solo é a cobertura que reveste a superfície do planeta e se situa entre a crosta terrestre e a atmosfera.

Ele é formado essencialmente por matéria orgânica (moléculas de animais e vegetais) e matéria inorgânica (de origem mineral). A formação de um solo pode se dar por ação do clima ou por fatores biológicos.

Também entram na composição do solo a água e os gases, que são essenciais para a formação dos poros que caracterizam cada terreno.

Você sabe qual a diferença entre um solo orgânico e outro inorgânico?

Continue lendo após a publicidade

A composição do solo

Se tomarmos por base a composição do solo, teremos duas formas de definição. Uma é baseada na composição final que pode dar origem a solos argilosos, arenosos etc. A outra definição toma por base a análise química, que o material analisando solo orgânico e inorgânico.

Nos processos de formação do solo pode ocorrer grande remoção de sílica, transporte de argila ou a migração de alumínio. Pode ocorrer também um excesso de água, quando então o processo passa a se chamar gleização.

Você sabe qual a diferença entre um solo orgânico e outro inorgânico?

O Solo Orgânico

O solo orgânico é aquele composto por materiais orgânicos, ou seja, que já foram organismos vivos na natureza. Originam-se, portanto, da decomposição de animais, vegetais e microrganismos, que ao final do processo virarão solo.

Continue lendo após a publicidade

Essa matéria orgânica pode originar o húmus ou a turfa, dependendo da presença ou não do oxigênio. O húmus é um material escuro, que fertiliza o solo e ali se deposita em estado aeróbico (presença de oxigênio) através dos animais.

Já a turfa é uma matéria orgânica que se forma por processos anaeróbicos (sem oxigênio) através de fungos, bactérias e outros microrganismos. As plantas se desenvolvem melhor em solo assim, tornando-o propício para a agricultura.

Você sabe qual a diferença entre um solo orgânico e outro inorgânico?

O Solo Inorgânico

O solo inorgânico tem em sua formação a matéria inorgânica, que são os minerais formados pela separação de partes de rochas. Esse processo pode se dar através do vento, da chuva ou das mudanças da própria temperatura.

Continue lendo após a publicidade

Na Geologia os minerais do solo inorgânico são denominados de coloides inorgânicos e neles entram diferentes tipos de elementos. Não são solos apropriados para se plantar, já que os vegetais não costumam sobreviver ali. É o que se dá no solo arenoso do deserto.

Por outro lado, ele entra na composição dos solos orgânicos para equilibrá-los e torná-los ambientes férteis. É que o solo puramente orgânico pode não ser absolutamente fértil, já que a presença de compostos inorgânicos ajuda no equilíbrio.

Não é interessante saber um pouco mais sobre a diferenciação entre solo orgânico e inorgânico? Não deixe de ler também sobre o bioma Cerrado, o berço das águas brasileiras.

Fonte: Toda Matéria, Vou Passar, Todo Estudo, Ebah, Wikipédia, Educação, Passe Agora Enem, Info Escola.

Continue lendo após a publicidade

Imagens: Ciclo Vivo, Unis, Orgânico, Plantando vida

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments