Vulcões em erupção: como acontece, curiosidades e tipos de vulcão

Um vulcão é uma fenda na superfície. Há quatro tipos de erupções vulcânicas, onde as atividades vulcânicas definidas pelo grau de intensidade.

Vulcões em erupção são fenômenos naturais desastrosos para a sociedade. No entanto, pesquisadores podem analisar através de um vulcão a parte interna da Terra.

Um vulcão é basicamente uma fenda na superfície terrestre, sendo ela, dentro ou fora da água. Através dessas aberturas, o magma é jogado para a parte externa do solo.

Isso acontece porque as placas tectônicas se agitam e batem uma contra a outra. Por isso, essa descarga de energia provoca uma elevação de lava para a superfície. O magma expelido pode chegar a temperaturas de mais de mil graus.

Dependendo da força do impacto entre as placas tectônicas, também pode haver terremotos durante as erupções vulcânicas.

Tipos de Vulcões em Erupção

Há quatro tipos de erupções vulcânicas e elas são distintas pelo seu grau de intensidade, sendo elas:

1- Erupção Explosiva

Vulcões em erupção: Como acontece, curiosidades e tipos de vulcão
Todas tus Frases

Quando vulcões em erupção são do tipo explosivo, não há derramamento de lava para longas distâncias. Portanto, o magma fica contido no centro do vulcão e tem alta viscosidade.

Todavia, há várias explosões com o lançamento de fragmentos de rochas quentes, chamados de piroclastos.

2- Erupção catastrófica

Viagem em Pauta

Esse tipo de erupção vulcânica faz com que uma grande quantidade de nuvem ardente seja liberada. Contudo, a lava não escorre para longas distâncias. Ela fica contida no centro do vulcão. Além disso, o magma também é de alta viscosidade.

 3- Erupção Efusiva

My Brain

Erupção efusiva é considerada um tipo mais “calmo” porque libera mais gases e evita explosões. Todavia, a lava consegue se espalhar para longas distâncias e com a temperatura extremamente alta.

Ou seja, se o vulcão estiver em um ponto alto, o magma pode fazer um grande manto de fogo e destruir áreas gigantescas.

4- Erupção Mista

Pinterest

Esses tipos de vulcões em erupção usam uma junção de explosivos e efusivos. Ou seja, a lava consegue se espalhar para longas distâncias e com a temperatura extremamente alta. Além disso, há várias explosões com o lançamento de piroclastos.

Vulcões em erupção no Brasil

Estudiosos acreditavam na existência de um vulcão adormecido em Caldas Novas, em Goiás, até 1970. O motivo seria as fontes termais que há por lá.

Contudo, essa hipótese foi descartada. As águas quentes são devido ao aquecimento geotérmico. Esse fenômeno acontece inclusive na Antártida.

Correio do Brasil

Atualmente, no Brasil, não há vulcões pelo mesmo motivo que não acontece terremotos. Sendo assim, essa região da América do Sul é uma área em que as placas tectônicas estão distantes uma das outras.

Por conta disso, não há desastres provocados por terremotos, tsunamis ou vulcões em erupção.

Vulcões em erupção na Terra e também em outros Planetas

Cultura Mix

No nosso Planeta há cerca de 1500 vulcões ativos. Além disso, em média, 70 vulcões apresentam atividades vulcânicas por ano.

Um dos registros mais recentes foi no último mês de Abril. O vulcão La Soufrière, localizado em uma ilha caribenha de São Vicente, apresentou a maior erupção desse ano.

Vale ressaltar também que outros planetas do sistema solar possuem vulcões. Vênus, por exemplo, teve atividades vulcânicas há cerca de mil anos.

Essa foi uma descoberta feita por estudiosos da Associação de Universidades em Pesquisa Espacial. Os pesquisadores afirmaram que a erupção aconteceu nesse período porque a lava, que endureceu, estava coberta por um mineral que reagiu com rapidez a atmosfera.

Todavia, em outros planetas, não há registros de atividades vulcânicas há milhões de anos. Somente na Terra esse fenômeno acontece com tanta frequência.

Lugares com vulcões mais ativos no mundo

Vulcões em erupção: Como acontece, curiosidades e tipos de vulcão
Eizo

No Japão, Indonésia, Estados Unidos, Chile e Rússia são os Países onde existem mais vulcões ativos. O motivo é que esses lugares estão localizados onde mais ocorrem impactos entre placas tectônicas.

Essas áreas são conhecidas como Círculo de Fogo. Na Indonésia, o vulcão Tambora fez mais de 100 mil mortos após uma erupção em 1815. Sendo assim, esse foi o maior número de vítimas fatais registrado provocado por vulcões.

O vulcão Kilauea, no Havaí, nos Estados Unidos, é o que tem maior nível de atividade nos últimos 30 anos. Virou um ponto turístico, ou seja, é um dos mais visitados no mundo. Com paredes de lava resfriadas de erupções recentes.

Além disso, apesar de não ter muitos vulcões, a Ilha de Tanna, em Vanuatu, possui o vulcão Yasur. Ele é o que está ativo a mais tempo.

E está em erupção constante há mais de 110 anos. Sendo assim, já houve registros de atividades vulcânicas com intervalos entre 3 e 4 minutos. Felizmente, a maioria das erupções não é grave.

Maior vulcão do mundo

Shore2Shore

Mauna Loa, também no Havaí, é o maior vulcão do mundo. Sendo assim, possui 4169 metros de altura e 90 quilômetros de largura.

A última atividade vulcânica aconteceu em 1984. Certamente, ele é o maior em questão de largura. Já o mais alto é o vulcão localizado no Atacama, no Chile. Conhecido como Ojos Del Salado esse possui 6893 metros de altura.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também: Extinção dos dinossauros: como ocorreu e causas

Fontes: Mundo Educação, Super Interessante, Forbes

Imagens: Shore2Shore, Eizo, Cultura Mix, Correio do Brasil, Pinterest, My Brain, Viagem em Pauta, Todas Tus Frases, Fatos desconhecidos

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.