Biografia

Wassily Kandinsky, quem foi? Biografia, arte e influência

Wassily Kandinsky foi um artista do século XX pioneiro no abstracionismo ocidental e precursor da teoria envolvendo a psicologia das cores.

Continue lendo após a publicidade

Um renomado pintor russo do início do século XX, Wassily Kandinsky foi pioneiro na difusão do Movimento Abstracionista no ocidente. Embora tenha seguido carreira jurídica durante uma parte significativa de sua vida, Kandinsky não hesitou em abandonar o Direito após se encantar com as Artes Visuais.

Nascido em uma família burguesa, desde muito jovem teve acesso à melhor educação possível e contato com o universo artístico e erudito. Essa vivência, anos mais tarde, seria refletida em seu trabalho e contribuiria para que Wassily Kandinsky inovasse a pintura, se tornando um indispensável nome do modernismo europeu.

Além de jurista e artista, Kandinsky também carrega o título de teórico e professor. Ao longo de sua vida, o abstracionista contribuiu para o estudo da teoria das cores, hoje altamente utilizada pelas artes e publicidade, bem como composições não-figurativas e as relações sinestésicas entre música e artes plásticas.

A vida de Wassily Kandinsky

Desde criança Wassily Kandinsky demonstrou inclinação para as artes

Nascido em Moscou, Rússia, no dia 16 de dezembro de 1866, Wassily Kandinsky era filho de Lídia Ticheeva e Vasily Silvestrovich Kandinsky, um rico comerciante de chá. Posteriormente a família se mudou para a Ucrânia e quando o filho possuía aproximadamente 5 anos, Lidia e Vasily se divorciaram, deixando-o sob cuidados de uma tia materna.

Continue lendo após a publicidade

Graças a Elizaveta Ticheeva, sua tia, Kandinsky teve um forte contato com a música e demais artes. Além disso, sua figura maternal também transmitiu a ele valores espirituais e conhecimentos sobre a cultura e tradições russas. Assim, em meio a aulas de desenho, piano e violoncelo, Wassily Kandinsky se familiarizou com a essência da arte.

No entanto, apesar de sua notável inclinação artística, Kandinsky não seguiu essa carreira de imediato. Precedendo sua empreitada nas Artes Visuais, o pintor seguiu uma jornada acadêmica no Direito.

Educação, arte e carreira

Wassily Kandinsky, quem foi? Biografia, arte e influência
Aos 30 anos, Wassily Kandinsky decide abandonar a carreira jurídica e se dedicas às artes

Em 1886, quando já contava com 20 anos de idade, Wassily Kandinsky ingressou no curso de Direito e Economia Política da Universidade de Moscou. Ali ele teve contato com diversas teorias que o levaram a participar ativamente de mobilizações políticas e se posicionar contra o czarismo.

Três anos depois, em 1889, Kandinsky viajou a Paris pela primeira vez, onde tem contato com a arte moderna. Após seu retorno à Rússia, em 1892 ele se casou com Anya Chemiakin, sua prima. No ano seguinte, Kandinsky defendeu sua tese de doutorado intitulada Sobre a legalidade dos salários, na qual estudou a classe operária.

Continue lendo após a publicidade

Com um cargo na universidade, Wassily Kandinsky contava com uma carreira estabilizada no ramo do Direito. Contudo, em 1896 ele foi a uma exposição impressionista em Moscou e se deslumbrou de forma irreversível com as obras de Monet. Dessa forma, aos 30 anos, Kandinsky abandona sua carreira como jurista a fim de dedicar-se à arte.

Dedicação à pintura

Após ampliar seu conhecimento pictórico, Kandinsky inovou ao explorar o abstracionismo

Em 1901, após se tornar próximo de outros pintores, Kandinsky se associou a outros artistas e fundou a Sociedade Artística Phalanx. Ao passo que o principal objetivo dessa instituição era questionar a arte tradicional, eles passaram a propor novas maneiras de criação. Ademais, ali o pintor conheceu Gabriele Münter, sua segunda esposa.

Após decidir mudar-se para a Alemanha, Wassily Kandinsky passou a ter aulas no estúdio de Anton Azbe, um pintor realista. Como resultado disso, o ex-jurista se encantou com a pintura de paisagens ao ar livre e passou a desprezar a prática de desenho de modelo vivo.

Eventualmente, após um grande processo de evolução nas artes plásticas, Kandinsky iniciou seus estudos não figurativos. Logo, não demora para o artista se envolver com um importante estilo artístico moderno e passar a ser conhecido como o primeiro pintor ocidental a produzir pinturas abstratas.

Continue lendo após a publicidade

Wassily Kandinsky, arte e abstração

Wassily Kandinsky, quem foi? Biografia, arte e influência
Kandinsky incorporou diversas influências em seu trabalho, desde à música até conversas com sua esposa

Não demorou para que as telas de Wassily Kandinsky perdessem as definições e contornos figurativos, apresentando uma notável influência abstracionista. Ademais, a música – outra arte que marcou a infância e juventude do pintor – também foi incorporada ao seu trabalho, que transparece um toque musical.

Além de incentivar a liberação das artes plásticas dos estilos tradicionais, Kandinsky também escreveu um ensaio. Intitulado Do Espiritual na Arte, a obra introduz a arte como expressão de um imperativo interior e a teoria da psicologia das cores. A atitude inovadora de Kandinsky logo passa a influenciar outros setores artísticos.

Gabriele Münter, muito além de esposa de Kandinsky, foi uma artista expressionista que contribuiu para o trabalho do marido com importantes reflexões acerca da arte e apresentou a ele a técnica de pintura em vidro. Além disso, outra influência de Kandinsky foi a profusão de cores proposta pelo fauvismo.

O impacto da guerra no trabalho de Kandinsky

Wassily Kandinsky e Vsevolod Kandinsky, seu único filho

Em 1914, diante de uma antecipação àquela que viria a se tornar a Primeira Guerra Mundial, Kandinsky e esposa mudaram-se para a Suíça. Embora o casamento entre o pintor e Gabriele Münter tenha contribuído para o salto criativo de Kandinsky como artista, eles acabaram se divorciando.

Continue lendo após a publicidade

O artista deixou a Suíça e retornou para sua terra natal, a Rússia. Ali ele acompanhou a Revolução Socialista responsável por provocar uma efervescência artística. Nesse cenário, Kandinsky criou uma aliança entre arte e políticas públicas. Nesse período ele conheceu Nina von Andreevsky, sua terceira esposa, com quem teve um filho.

A partir de 1922, Kandinsky se torna professor da Bauhaus, escola alemã de design, arte e arquitetura. Contudo, em 1933, a instituição foi fechada pelos nazistas e os trabalhos do pintor foram apreendidos. Dessa forma, após o ocorrido, Kandinsky seguiu para Paris onde adotou nacionalidade francesa e viveu até seus últimos dias.

No território francês, Wassily Kandinsky teve contato com as artes aplicadas, um estilo artístico utilitarista. Ademais, mesmo diante do contexto de guerra, o artista não perdeu energia e seguiu estudando, pesquisando e aperfeiçoando seu trabalho. Apesar de ter sido impactada pela mesma, sua obra não refletiu os vestígios da guerra.

Morte e influência de Wassily Kandinsky

Wassily Kandinsky, quem foi? Biografia, arte e influência
Kandisnky continuou produzindo até seus últimos dias, deixando aproximadamente duas mil obras inéditas

Em 1942, Kandinsky apresentou sua última tela de grande importância, Acorde recíproco. Em seguida, apenas dois anos depois, o artista faleceu. Dessa forma, no dia 13 de dezembro de 1944, Wassily Kandinsky foi vítima de um derrame cerebral e perdeu a vida aos 78 anos de idade.

Continue lendo após a publicidade

Curiosamente, um detalhe impressionante sobre a biografia de Kandinsky é que o artista produziu até o fim de sua vida. Como resultado disso, anos após sua morte, Nina von Andreevsky, sua esposa, organizou uma exposição com mais de 2 mil obras inéditas do marido.

Principais obras de Kandinsky

Wassily Kandinsky, Composição VII, 1913, Óleo sobre tela, 200 x 300 cm, The State Tretyakov Gallery, Moscou
  • O cavaleiro azul (1903)
  • Beleza Russa em uma Paisagem (1905)
  • Primeira Aquarela Abstrata (1910)
  • Composição VII (1913)
  • Fuga (1914)
  • Composição VIII (1922)
  • Amarelo-Vermelho-Azul (1925)
  • Vários Círculos (1926)
  • Composição X (1939)
  • Azul do céu (1940)

E então, o que achou da matéria? Se gostou, confira também: História da Arte, o que é? Períodos históricos, modelos sociais e culturais.

Fontes: InfoEscola, Guia das Artes, Toda Matéria, Cultura Genial.

Imagens: Bauhaus Movement, Portólio Intusign, Who is Who Greece, Efemérides do Éfemello, Arteref, Google Arts & Culture, Europeana, Wall Street International Magazine.

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments