Geografia

Extrativismo animal: o que é, como funciona, produtos e perigos

O extrativismo animal é a captura de animais, na maioria das vezes ilegalmente. O que gera enormes e desastrosos problemas ao meio ambiente.

Continue lendo após a publicidade

Que o Brasil possui enorme riquezas de biodiversidade não é novidade para ninguém. Desde a fauna à toda flora, a diversidade ecológica corta o Brasil de norte a sul. Entretanto, toda essa riqueza natural traz a ganância humana e exploração da natureza, dentre eles o extrativismo animal.

Aliás, você sabe no que se baseia esse extrativismo? Em suma, nesse processo ocorre a captura de animais, na grande maioria das vezes, de forma ilegal. Além disso, ainda há a pesca, que quando respeitando os períodos de reprodução dos peixes e peso, se torna legal.

Embora seja parte das atividades econômicas do Brasil, o extrativismo animal gera danos irreparáveis. A medida que a captura de animais aumenta, ocorre a diminuição do número de animais.

Extrativismo animal, o que é e como atinge o meio ambiente?
Fonte: Senado Federal

Consequências do Extrativismo animal

Embora o extrativismo animal traga riscos a extinção de espécies (e já trouxe para muitas), o ser humano nunca deixou de praticar tal atividade. Ademais, a extinção de espécies compromete o equilíbrio ecológico de uma região toda.

Continue lendo após a publicidade

Apesar de ser fonte de renda para muitas famílias, o extrativismo animal compromete o meio ambiente se não for controlado, assim como o extrativismo vegetal. Como resultado disso, a captura de animais silvestres, como aves e jacarés, está acabando com espécies inteiras. Além do mais, traz modificações no solo, poluição e compromete a biodiversidade para gerações futuras.

Sendo considerada uma atividade econômica cruel, o extrativismo já está longe de servir apenas para subsistência. O ser humano esta buscando cada vez mais o enriquecimento de forma ilícita. Dentre elas, esta o contrabando, tiram onças, araras do meio ambiente para usarem o couro, entre outros.

Extrativismo animal, o que é e como atinge o meio ambiente?
Fonte: G1

Entretanto, a captura desses animais é permitido, por lei, dentro das tribos indígenas, pois serve para manter as tradições culturais.

O Brasil possui um berço de riquezas e biodiversidade, toda forma de extrativismo, seja animal, seja mineral, seja vegetal esgota os recursos.  Logo, atividades como essas geram a aniquilação de espécies e o desequilibro de ecossistemas, principalmente porque ocorre de forma exagerada e ilícita.

Continue lendo após a publicidade

E então, gostou dessa matéria? Aproveite para ler também sobre o Extrativismo Mineral e Impacto Ambiental.

Fonte: Pensamento Verde e Só Geografia 

Bibliografia:

  • TERRA, Lygia e COELHO, Marcos de Amorim. Geografia Geral – O espaço natural e socioeconômico – extrativismo animal. São Paulo: Editora Moderna, 2016.
  • VESENTINI, José William. Sociedade e Espaço. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2006.
  • “Extrativismo animal” em Só Geografia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2021. Consultado em 1 de novembro de 2019. Disponível na Internet em http://www.sogeografia.com.br/Conteudos/GeografiaEconomica/extrativismo/animal.php

Fonte imagem: Réporter MT

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments