Física & Química

Forças Intermoleculares: classificação e consequências

As forças intermoleculares acontecem devido à força entre moléculas que interagem entre si. Isso ocorre devido a ligações covalentes.

Continue lendo após a publicidade

A palavra inter significa entre. Sendo assim, entre moléculas. Por isso o nome força Intermoleculares. Devido à força entre moléculas que interagem entre si. Isso ocorre devido a ligações covalentes.

Essas ideias surgiram em 1873, pelo químico e físico holandês Diderik Van der Waals. Segundo o estudioso, as moléculas são capazes de se relacionar umas com as outras de maneiras diferentes.

Sendo assim, elas podem fazer a junção ou expulsar as moléculas de um composto. Portanto, as forças intermoleculares são capazes de provocar estados físicos distintos. Por exemplo, o sólido, líquido ou gasoso. No entanto, a força depende da polaridade das moléculas.

Polaridade das moléculas

Forças Intermoleculares
Angelo

As interações intermoleculares variam com a polaridade das moléculas. Sendo assim, na imagem acima é possível ver a reunião de elétrons em cada molécula. As cores pretas são as maiores. Por isso, são negativas. No entanto, as azuis são menores. Ou seja, possuem menos elétrons.

Continue lendo após a publicidade

Ainda na figura acima, por exemplo, na primeira imagem a molécula é apolar. O motivo é que todos os elétrons estão igualmente balanceados. Portanto, possuem a mesma proporção. Já as do meio são polares. Porque a quantidade de elétrons negativas são maiores mesmo juntas com as azuis. E a última, são as iônicas. Falaremos sobre elas mais abaixo.

Classificação de Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares são divididas em três tipos. Contudo, variam de acordo com a intensidade. São elas: Ligação de Hidrogênio, Dipolo-Dipolo e Forças de London.

Ligação de Hidrogênio

Iceland

A ligação de hidrogênio possui forte intensidade. Ela ocorre em moléculas polares. Ou seja, com elétrons negativos maiores mesmo juntos com as azuis. Como, por exemplo, oxigênio (O), flúor (F) e nitrogênio (N).

A ligação de hidrogênio acontece na molécula de água. Sendo assim, o H2O. Portanto, pode gerar os estados sólido e líquido. A relação entre as moléculas da água ocorre de forma desorganizada. Contudo, a interação no gelo acontece de forma ordenada.

Continue lendo após a publicidade

Dipolo-Dipolo

Es Academic

O dipolo-dipolo possui uma intensidade intermediária. Portanto, são apolares. Sendo assim, todos os elétrons estão igualmente balanceados.

Nessa categoria é aquela antiga regra de que os opostos se atraem. Sendo assim, é possível notar na imagem como funciona a relação dipolo-dipolo. O polo negativo que é o cloro é atraído pelo positivo, ou seja, o hidrogênio.

Força de London

Forças Intermoleculares
Chemistry skills

Também conhecido como “dipolo induzido” é formado por uma força não gravitacional que acontece nas moléculas. Portanto, são apolares. Sendo assim, todos os elétrons estão igualmente balanceados.

Por isso, o dipolo elétrico não é criado. No entanto, quando as moléculas apolares se aproximam influenciam na criação de dipolos temporários. Ou seja, em estado sólido e líquido, pólos positivos e negativos são formados.

Continue lendo após a publicidade

Diferença entre Forças Intermoleculares e Intramoleculares

As forças intermoleculares acontecem entre as moléculas. Todavia, as intramoleculares ocorrem dentro delas. Além disso, são divididas em três tipos:

Iônica

Ciência em Ação

Esse tipo de força intramolecular é vista como uma ligação química forte. E como o nome Iônica já sugere, é a formação pela atração entre íons.

Isso acontece entre cargas diferentes como positivo e negativo. Por exemplo, moléculas do metal e não-metal através do deslocamento de elétrons.

Covalente

Forças Intermoleculares
Ilden 2018

A ligação covalente é realizada na troca de pares de elétrons e de átomos de não-metais. Nesses casos, a maior parte dessa força intramolecular tem pontos de ebulição e fusão pequenos.

Continue lendo após a publicidade

Não são fáceis de dissolver em água. No entanto, é mais fácil de diluir em solventes apolares.

Metálica

Axi Book

As substâncias metálicas são expelidas de dentro das moléculas e assim a força é gerada. Sendo assim, são excelentes condutores de calor, eletricidade e refletem a radiação.

Consequências das Forças Intermoleculares

Forças Intermoleculares
Sci Elo

As forças intermoleculares são encarregados por várias particularidades. Como, por exemplo, estado físico, densidade, temperatura de ebulição, solubilidade nos meios e volatilidade. Elas funcionam assim:

1- Estado físico: Com as células unidas o estado físico fica denso. Essas relações são mais intensas em sólidos do que líquidos. Já os gases são mais fracos do que os outros dois.

Continue lendo após a publicidade

2- Densidade: Se a interação é mais intensa a fase será mais espessa também. A densidade é maior em sólidos. Líquidos vem em segundo lugar. Em seguida, os gases.

3- Temperatura de Ebulição: Quanto maior a temperatura mais fácil para que a mudança de fase aconteça.

4- Solubilidade nos Meios: Essa é força que não se mistura. Ou seja, polar com polar e apolar com apolar. Por exemplo, água e óleo não se misturam.

5- Volatilidade: A substância é mais volátil quando menor é a interação. No entanto, pode variar de acordo com p peso molecular.

Continue lendo após a publicidade

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que é Fórmula Estrutural

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria, Biologia Total

Imagens: Caia no Mundo, Sci Elo, Axi Book, Ilden 2018, Cinema em Ação, Chemistry Skills, Iceland, Es Academic, Angelo

Continue lendo após a publicidade
Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments