História

Glasnost, o que é? Definição do termo, principais medidas e objetivos

Glasnost é um termo russo que significa "transparência". Foi uma medida política e econômica adotada para reestruturar a antiga URSS.

Continue lendo após a publicidade

Glasnost é um termo russo que, em português, significa transparência. Basicamente, a Glasnost foi uma medida política e econômica desenvolvida durante o governo de Mikhail Gorbachev, em 1980. Além desta, a ex-União Soviética também adotou a Perestroika (reestruturação), ambas medidas elaboradas como forma de ampliar a economia soviética. 

Apesar das melhorias que as medidas políticas e econômicas propunham, as estratégicas foram as responsáveis por colocar fim à URSS. Apesar disso, Glasnost e Perestroika tinham como objetivo, além da ampliação econômica, modernizar a política e dar mais abertura ao sistema político econômico que, na época, era o socialismo

O socialismo era o sistema político que vigorava na URSS desde a Revolução Russa, que ocorreu em 1917. Além das mudanças econômicas e políticas provocadas pelas medidas Glasnost e Perestroika, as estratégias foram parte fundamental para o fim da Guerra Fria, conflito geopolítico entre os Estados Unidos e a União Soviética. 

Contexto histórico

Após a Segunda Guerra Mundial, o mundo estava inserido em uma disputa geopolítica travada entre os Estados Unidos e a União Soviética. A disputa, conhecida como Guerra Fria, colocava os países do mundo em uma crise econômica, social e, acima de tudo, política. 

Continue lendo após a publicidade
Glasnost, o que é? Definição do termo, principais medidas e objetivos
The Atlantic

Os conflitos eram impulsionados, principalmente, pelo modelo econômico adotado pelos EUA e a URSS. Isso porque, enquanto os EUA defendiam o capitalismo, a URSS seguia as régias políticas com o socialismo. As disputas ideológicas deram início à uma competição, que incluía uma corrida armamentista e econômica. 

A URSS, após a Segunda Guerra, foi marcada por um avanço exponencial, tanto relacionado à economia quanto ao poderio bélico. Entretanto, o desenvolvimento do país foi fortemente afetado, em 1970, depois de uma crise causada pelo modelo de organização política da URSS, que impedia que a classe trabalhadora crescesse e se desenvolvesse. 

Nesse sentido, sem pessoas para comprar os produtos criados pelas indústrias, a margem de lucro das empresas só diminuía e, consequentemente, não havia geração de lucro dentro da União Soviética. Por outro lado, o capitalismo se desenvolvia amplamente, o que fazia a competição entre ambos os países aumentar. 

Adoção de medidas políticas

Sem condições de competir com o modelo econômico dos EUA, a URSS entra em falência, além de se tornar um país extremamente autoritário e burocrático. Uma das consequências foi o atraso em relação ao desenvolvimento tecnológico, falta de bens de consumo, os baixos salários e a falta de produtos alimentícios, por exemplo. 

Continue lendo após a publicidade
Glasnost, o que é? Definição do termo, principais medidas e objetivos
The Atlantic

Com a crise instalada na URSS, a população se tornou insatisfeita com o governo de Mikhail Gorbachev. Para driblar os ataques, Gorbachev propôs então a criação de um projeto de reestruturação do país, por meio de novas medidas econômicas e políticas. As medidas foram, então, denominadas Perestroika e Glasnost. 

Em síntese, as medidas políticas colocaram fim ao socialismo, apesar da proposta inicial de Gorbachev não ter sido exatamente esta. Ou seja, o líder soviético queria reerguer o país, implantando novos caminhos para que a economia russa tivesse fôlego para continuar. 

Glasnost

A Glasnost, junto com a Perestroika, foi a medida política adotada com o intuito de aproximar a população – que estava insatisfeita – das decisões políticas.

Glasnost, o que é? Definição do termo, principais medidas e objetivos
Geo Conceição

A princípio, todas as decisões políticas eram controladas por burocratas russos. Com a implementação da medida, a população passou a se manifestar de forma mais aberta, além de ter mais liberdade nas decisões. 

Continue lendo após a publicidade

Basicamente, a Glasnost tinha como principal meta o combate à corrupção dentro da União Soviética. Além disso, também faziam parte da política russa as seguintes medidas:

  • Liberdade à escolha religiosa; 
  • Fim do sistema político baseada em apenas um partido; 
  • Fim da censura imposta aos jornais e artistas; 
  • Absolvição dos presos políticos; 
  • Retirada do exército militar da política externa. 

Apesar da tentativa de reerguer o país politicamente e economicamente, a Glasnost fez ascender ainda mais a instabilidade social e aumentar os conflitos que havia dentro da União Soviética. Além disso, atrelado à insatisfação econômica, a medida política de Glasnost foi um dos motivos que levaram ao fim da URSS. 

Perestroika

Assim como Glasnost, Perestroika – que significa reestruturação ou reconstrução – foi uma medida adotada pelo governo russo, na época comandado pelo último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachov, – com o intuito de modernizar a economia soviética. 

Geo Conceição

Dentre os caminhos adotados estavam a diminuição dos gastos com defesa, a não interferência nos países que tinham o comunismo como sistema político, além da tentativa de negociação com os Estados Unidos. Além disso, a Perestroika foi elaborada com as seguintes determinações:

Continue lendo após a publicidade
  • Diminuição da indústria focada em produzir armamentos; 
  • Liberação do comércio exterior com outros países; 
  • Abertura dos portos para a entrada de produtos estrangeiros; 
  • Fabricação de produtos sem limite; 
  • Redução dos patrocínios à economia; 
  • Incentivo à presença de pesquisadores estrangeiros com o intuito de aumentar o número de grupos científicos e técnicos dentro do país. 

Apesar dos esforços com as medidas políticas, Glasnost e Perestroika, a economia da URSS não conseguiu se reerguer. Isso porque os comunistas apresentaram resistência às mudanças propostas e grupos liberais queriam que as mudanças ocorressem de forma imediata. Ou seja, não houve acordo. 

Sem os benefícios que a URSS esperava com a implantação das medidas, o país se afundou na crise. Com isso, houve diversas consequências, como o aumento dos preços dos produtos, a fome e a miséria aumentaram, além da extinção dos benefícios sociais. Por fim, em 1991, com a renúncia do presidente Gorbachev, a então União Soviética foi dissolvida. 

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que foi o Tratado de Brest-Litovsk e qual a Origem do Capitalismo.

Fontes: Infopédia, Sua Pesquisa e Educa Mais Brasil 

Continue lendo após a publicidade

Imagens: The Atlantic e Geo Conceição

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments