Principal » História » História de Portugal – Tratado de Zamora, expansão e fatos históricos

História de Portugal – Tratado de Zamora, expansão e fatos históricos

Pioneiro durante as Grandes Navegações, Portugal passou por muitas transformações sociais e políticas ao longo de seus quase 900 anos.

História de Portugal: o que você sabe sobre a memória desse país?

A história de Portugal que conhecemos não vai muito além da colonização do país em relação ao Brasil e de alguns poucos aspectos relevantes, como sua participação em guerras e disputas territoriais.

Porém, Portugal é um destino bem querido pelos brasileiros, tanto por conta de alguns traços culturais em comum (como o idioma), como também pela beleza do país e seus atrativos especiais, tal qual a gastronomia.

Assim, para saber mais sobre o país que possui tantas semelhanças com o Brasil, é preciso conhecer os principais desdobramentos da história de Portugal, como funcionava seu regime político e quais foram seus principais governantes.

Início da história de Portugal

Para entender como se fundou a história de Portugal, é preciso voltar ao século XI, em 1096, para entender o que foi o Tratado de Zamora e o porquê desse acordo ter originado o país.

Naquela época, Dom Afonso VI era rei de Leão e quis recompensar Henrique de Borgonha pelo apoio na luta contra os mouros. Para isso, o nobre cedeu a mão de sua filha Teresa ao jovem, que lhe propôs casamento.

Além disso, a cerimônia selaria também a doação de um dote: o Condado Portucalense, que reunia as terras entre os rios Minho e Douro.

O Tratado de Zamora selou o acordo entre Dom Afonso Henrique e Dom Afonso VII.

Porém, o grande interesse de Henrique era tornar a sua nova terra independente do reino de Leão, o que veio a se concretizar após a sua morte e com a sucessão do trono ao seu filho, Dom Afonso Henrique.

Dessa forma, para alcançar seu objetivo, o rei traçou duas batalhas contra o primo Dom Afonso VII, que era rei de Leão e Castela.

As batalhas de Cerneja e Arcos de Valdevez deram vitória à Afonso, o que levou os dois condados a assinarem um tratado de paz conhecido como o Tratado de Zamora. Posteriormente, o Condado Portucalense se tornou livre e passou a se chamar Reino de Portugal.

Com isso, teve início a construção da história de Portugal, que seria ainda marcada por muitas reviravoltas, confusões e desafios.

Expansão do território português

Dom Afonso Henriques, na posição de primeiro rei de Portugal, e junto com seus aliados, conseguiu, logo após, conquistar diversas terras dos mouros, como Santarém e Lisboa.

Em seguida, conquistaram o Algarve, território praticamente igual até hoje. No fim do século XIII, o rei D. Dinis criou a Universidade de Coimbra, uma das mais respeitadas e antigas da Europa.

Em 1385, D. João foi aclamado rei. Seus filhos foram apelidados de Os Lusíadas, em referência à Luiz Vaz de Camões.

Inclusive, um dos filhos foi líder dos descobrimentos no desbravamento das caravelas portuguesas pelos mares, conquistando terras e descobrindo riquezas, beneficiando a Europa. Essa foi uma importante etapa da história que resultou no Portugal que conhecemos hoje.

História de Portugal: o que você sabe sobre a memória desse país?
Portugal foi o pioneiro na descoberta e colonização de novas terras, como o Brasil e a Índia.

Essa época da descoberta, que marcou o início da história de Portugal, foi marcada pela chegada em diversos territórios, como na Índia (1498), no Brasil (1500), na China (1513) e no Japão (1543).

Logo depois, em 1640, Portugal voltou a ser comandada por um rei português, Dom João IV, que restaurou a independência.

Fatos históricos de Portugal

Por sua vez, em 1755, a luxuosa capital Lisboa foi gravemente atingida por um terremoto, o que quase a destruiu por completo. O responsável por reconstruí-la, com belos monumentos e melhor preparada para desastres, foi o ministro Marquês de Pombal.

Contudo, o marco principal que mudou significativamente a história de Portugal foi a mudança da corte portuguesa para o Brasil, após a invasão das tropas napoleônicas na Europa e, consequentemente, no território lusitano.

Nesse interim, de 14 anos até a volta de D. João VI, então rei de Portugal, o país passou por muitas transformações e encontrava-se envolto na Revolução do Porto.

História de Portugal: o que você sabe sobre a memória desse país?
Revolução Liberal do Porto exigia a promulgação de uma nova constituição em Portugal, além do retorno do Brasil à condição de colônia.

Em resumo, esse movimento histórico exigia a volta da família portuguesa à sua terra natal, a promulgação de uma nova Constituição e a volta do Brasil à condição de colônia, decisão que havia sido desfeita pelo rei, sobretudo pelo fim do monopólio comercial entre as duas terras.

A instauração de um novo regime político e administrativo veio após a morte de D. João VI e a briga entre seus filhos D. Miguel, tradicional e contra a nova constituição, e D. Pedro I, de posição liberalista e a favor da promulgação, embora esse último estivesse impedido de assumir por ter se tornado imperador do Brasil.

A decisão, no entanto, veio em 1834 com a Convenção de Évora Monte, que marcou o início da Monarquia Constitucional de Portugal. Tinha início a realização de um regime político que ficaria marcado na história de Portugal.

O fim da monarquia

Ademais, as ideias republicanas acabam por ganhar força, sobretudo durante e após a revolução de 5 de outubro de 1910, que culminou na instauração da República Portuguesa.

Contudo, a história de Portugal foi marcada pela instauração de uma Ditadura Militar logo após a participação na Primeira Guerra Mundial, que perdurou entre 1926 e 1933.

A partir disso, entrou em vigor uma nova constituição que instaurou o Estado Novo, regime autoritário e centralizado comandado por Antônio Oliveira Salazar (1889-1970), ditador que governou o país por cerca de cinquenta anos.

Finalmente, em abril de 1974, a Revolução dos Cravos derrubou o salazarismo, decretando a liberdade e democracia portuguesa. Além disso, o país libertou todas as colônias e se converteu em um estado democrático de direito.

História de Portugal: o que você sabe sobre a memória desse país?
A Revolução dos Cravos pôs fim ao regime salazarista em Portugal.

Desde então, Portugal se posiciona como uma das principais potências europeias, sobretudo na economia.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a história de Portugal? Fique por dentro e saiba mais aqui sobre a Revolução dos Cravos.

Fontes: Missão Portugal, Euro Dicas, Info Escola

Imagens: Exame, O Bichinho do Saber, História Livre,  El País Brasil. 

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.