Biologia

Mamíferos voadores: quais são, características e curiosidades

Existem sim mamíferos voadores além do morcego que desenvolveram a habilidade de se locomover pelo ar. Esses animais são conhecidos como voadores passivos.

Continue lendo após a publicidade

Quando se fala em animais voadores, logo os pássaros vêm à mente e os mamíferos são descartados. Mas alguns desses animais desenvolveram asas ou a capacidade de criar paraquedas para se adaptar no ambiente em que vivem. Sendo assim, os mamíferos voadores se dividiram com habilidades em “voo ativo”, ou “verdadeiro”, e “voo passivo”.

O “voo ativo” é a categoria que permite o animal pegar impulso para voar a partir de batidas de asas. E o “voo passivo” são os animais que conseguem planar no ar com o auxílio de pele entre os membros traseiros e frontais. 

Estudos apontam que um fóssil de um mamífero morto há cerca de 125 milhões de anos pode provar que alguns mamíferos podem ter começado a se deslocar pelo ar ao mesmo tempo que os pássaros.

As pesquisas revelam que o animal de voo passivo é o animal voador mais antigo. Vamos ver logo abaixo alguns desses mamíferos voadores que conseguem se deslocar pelo ar.

Continue lendo após a publicidade

Morcegos

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Pinterest

Existem mais de 1.300 espécies diferentes de morcegos no mundo. Dentre elas, 178 são do Brasil. Esses mamíferos voadores são conhecidos por ficarem com o corpo na vertical durante o voo. Por isso, não são como os pássaros que ficam na posição da direção em que se movem. 

Os morcegos não são famosos por enxergar bem. Portanto, o segredo de voar às cegas é sua super audição. Diferentes pesquisas comprovaram que esses animais conseguem emitir sons similares ao sonar que barcos, submarinos e aviões possuem.

Contudo, esses gritos extremamente agudos batem nas estruturas e superfícies e isso faz com que os morcegos não batam em nada. Como uma espécie de radar.

Além disso, esses animais são muito velozes e isso dificulta para os predadores, que são os falcões.

Continue lendo após a publicidade

Alimentação

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Bat Worlds

No cinema, os morcegos são conhecidos por se alimentarem somente de sangue de outros seres vivos. No entanto, das 178 espécies no Brasil só três são consideradas hematófagas (que se alimentam de sangue).

A verdade é que os morcegos também podem se alimentar de frutas, anfíbios, aves, insetos, peixes, néctar, pólen e flores. E essa alimentação varia de acordo com a espécie.

Características desses mamíferos voadores

Oregon Zoo

Os morcegos são considerados mamíferos de pequeno porte, mas alguns deles podem chegar até 1,7 metros de envergadura e pesar cerca de 1,2kg, como é o caso da “Raposa Voadora”. Essa é a maior espécie de morcego do mundo. As fêmeas conseguem gerar apenas um filhote por gestação. 

Esses mamíferos têm o corpo coberto por pelos, que geralmente tem a coloração escura. As asas deles são formadas por três ou cinco dedos que são ligados por uma longa pele membranosa.

Continue lendo após a publicidade

Esse tecido geralmente se estende até a cauda. As orelhas são grandes, os dentes afiados e as garras são curvas para eles se equilibrarem de cabeça para baixo. Isso acontece porque as patas traseiras são curtas e não aguentam o peso do corpo.

Considerados como os únicos mamíferos com o voo verdadeiro, os morcegos não vivem em regiões polares ou em algumas ilhas oceânicas.

Colugos

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Vectors Journal

Esses animais são encontrados no sudeste da Ásia. Eles são “voadores passivos” e conseguem planar a longas distâncias de árvores em árvores. 

Além disso, são conhecidos como lêmures voadores e são parentes próximos dos primatas. Todavia, esses animais possuem uma grande quantidade de pele para o seu tamanho. Os colugos conseguem planar mais de 100 metros de distância a 10 metros de altura. Quando planam no ar ficam no formato de uma pipa. 

Continue lendo após a publicidade

Esses mamíferos voadores são bem dóceis, mas são vistos como pragas para a população na Malásia e nas Filipinas. Porém, pesquisadores afirmam que esses animais são benéficos para o meio ambiente já que auxiliam na produção de árvores.

Os colugos não vivem em grupo, mas em cada região pode haver até 20 desses animais. Acidentes nas estradas envolvendo esses mamíferos é bastante comum já que eles procuram alimentos também em vilarejos.

Características desses mamíferos voadores

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Awesomely Cute

O colugo é um animal de médio porte e pode chegar até 45 centímetros de comprimento e apesar da semelhança não é um lêmure. 

As patas são longas e a pele das axilas percorrem toda extensão dos membros dianteiros e traseiros. Antigamente, estudiosos consideravam esses mamíferos voadores parentes antigos do morcego, no entanto isso mudou com o tempo. A cabeça desse mamífero é pequena e os olhos são grandes.

Continue lendo após a publicidade

Esses mamíferos voadores são ótimos escaladores apesar de não ter os polegares como a maioria dos primatas. Sendo assim, eles passam de ramo em ramo com os braços e as garras fortes.

Há poucos registros sobre a reprodução dos colugos, mas uma informação curiosa é que as fêmeas amamentam seus filhotes pelas axilas. A coloração fosca auxilia bastante na camuflagem. E isso auxilia na hora de despistar predadores. 

Alimentação

Pinterest

Os colugos comem frutas, seivas e folhas, sendo assim, são herbívoros. O principal motivo de locomoção desses mamíferos voadores é basicamente para se alimentar e fugir de predadores.

Esquilos Voadores

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Mundo Ecologia

Existem 45 espécies de esquilos voadores no mundo e duas novas foram descobertas recentemente no Himalaia do tamanho de gatos. Até o momento, esses são os maiores já registrados.

Continue lendo após a publicidade

Todavia, esses roedores também fazem “voos passivos” e possuem uma membrana conhecida como patagium que permite que eles consigam planar entre árvores e montanhas. Eles raramente descem ao solo para não serem presas fáceis, já que se deslocam melhor nas alturas. 

Os esquilos voadores conseguem planar por 90 metros de distância e 20 metros de altura. Contudo, essa habilidade é impressionante se considerar o tamanho de uma das espécies menores que pode chegar até 28 centímetros de comprimento. Além disso, esses mamíferos voadores possuem a capacidade de fazer curvas fechadas de 180 graus enquanto planam. 

A maioria desses animais são encontrados na Ásia e não há registros de esquilos voadores no Brasil. 

Características desses mamíferos voadores

Wiktionary

A habilidade de voar desses mamíferos é similar com a usada no wingsuit por alguns paraquedistas. Com os olhos gigantes e escuros, os esquilos voadores conseguiram se adaptar ao escuro.

Continue lendo após a publicidade

Os filhotes precisam dos cuidados da mãe por cerca de 65 dias. Portanto, isso é bastante tempo para animais de pequeno porte. Eles nascem sem pelos. Como resultado, usam o calor materno para viver. 

Um dos maiores mamíferos voadores é o “esquilo-gigante-voador-vermelho-e-branco”. Ele pode chegar até um metro de comprimento e pesar um quilo e meio.

Alimentação

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
QC Animais

Cada espécie desses mamíferos voadores pode se alimentar de fungos, verduras, frutas, ovos, animais pequenos, aranhas e o mais conhecido de todos, nozes.

Planador de açúcar

San Diego Zoo

Esse marsupial é geralmente confundido com um esquilo voador. O resultado disso é por causa do tamanho pequeno e a mesma habilidade de planar. O planador de açúcar também tem patagium, ou seja, são as membranas de pele ligadas nos membros traseiros e dianteiros. 

Continue lendo após a publicidade

Como ótimos escaladores, esse mamífero consegue chegar a mais de 45 metros de altura. Ademais, eles podem viver em grupos de até sete planadores. Sendo fêmeas, machos e filhotes.

Todavia, eles fazem os próprios ninhos utilizando ramos de eucaliptos. Cada grupo é bastante territorial. Ou seja, esses pequeninos podem defender seus ninhos para garantir o alimento para os integrantes da família.

Esses mamíferos voadores conseguem voar facilmente de tronco em tronco e raramente descem ao chão. O planador de açúcar é facilmente encontrado na Oceania. Além disso, é bastante comum tê-los como animais de estimação na Austrália.

Características desses mamíferos voadores

Mamíferos voadores, quem são? Características e curiosidades
Hyperaxion

Os planadores possuem listras pretas nas costas e nos olhos. A coloração é azul acinzentada. A fêmea tem uma bolsa como os cangurus. A gestação dura somente 16 dias e o filhote nasce com 0.19 gramas.

Continue lendo após a publicidade

Entretanto, a mãe só deixa o bebê sair da bolsa após 70 dias. E 111 dias depois ele pode deixar o ninho. E só assim viver a independência. 

Os machos marcam território, sendo assim, com urina, fezes e secreções das glândulas nas patas. Esses mamíferos voadores se comunicam com vários sons distintos.

Alimentação

Family Life Share

Esses mamíferos voadores são onívoros, ou seja,  comem frutas, insetos, seiva doce de eucaliptos, pólen e pequenos vertebrados.

Fontes: Meus animais, Biologia net, National Geographic, Ciência Hoje, Perito Animal, National Geographic Brasil, Zoo Santo Inácio, Mega Curioso, Portal dos Animais, QC Animais,

Continue lendo após a publicidade

Imagens: Family Life Share, Hyperaxion, San Diego Zoo, QC Animais, Wiktionary, Mundo Ecologia, Pinterest, Awesomely Cute, Vectors Journal, Oregon Zoo, Bat Worlds, Pinterest

Próxima página »

Comentários

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments