Principal » Sociologia » Significado de Comunidade: o que é, conceito e definição

Significado de Comunidade: o que é, conceito e definição

O termo comunidade se refere a um grupo local de tamanho variável. Ele é composto por pessoas que ocupam um território geograficamente definido.

Significado de Comunidade: o que é, conceito e definição

O termo comunidade se refere a um grupo local de tamanho variável. Ele é composto por pessoas que ocupam um território geograficamente definido.

O que é comunidade

A palavra comunidade vem do latim communĭtas. Em resumo, o termo se refere à qualidade do que é comum. A partir disso, é possível definir vários tipos de conjuntos:

  1. Pessoas que fazem parte de uma mesma população, região ou nação;
  2. Nações que são unidas por acordos políticos e econômicos;
  3. Pessoas ligadas por interesses em comum.

Portanto, podemos dizer que comunidade é um grupo de pessoas que partilham de elementos em comum, tais como:

  1. Idioma;
  2. Costumes;
  3. Visão do mundo;
  4. Valores;
  5. Localização.

Sendo assim, trata-se de um agrupamento de pessoas que vivem dentro de uma mesma área geográfica, urbana ou rural. Elas se unem por interesses em comum, e que fazem parte das condições gerais de vida. Sendo que uma comunidade conta com uma mesma herança cultural e histórica. As comunidades, no entanto, podem variar em relação ao seu tamanho e organização.

Desse modo, elas podem ser de diferentes tipos. Por exemplo, pode ser uma aldeia ou ainda uma grande cidade. Além disso, o termo pode ser usado para denominar um tipo de associação muito íntima.

Isto é, um grupo altamente integrado cujos membros são ligados por laços de simpatia. Nesse sentido, qualquer grupo pode formar uma comunidade. Por exemplo, uma comunidade de pessoas que têm as mesmas crenças religiosas.

O termo também é usado para se referir a algumas favelas brasileiras, depois da política de urbanização que passaram.

Enfim, vale destacar que uma comunidade vai muito além das pessoas que fazem parte dela. Isso porque existem comunidades que já existiam muitos antes de seus atuais membros. Da mesma forma, elas vão continuar a existir depois que eles não existirem mais. Um exemplo disso é a comunidade cristã.

Contemporaneidade

Por muito tempo, o termo comunidade serviu para se referir apenas a um grupo de pessoas que vive em uma mesma área geográfica. Sendo que, no geral, essas pessoas têm o mesmo modo de vida e cultura.

No entanto, na contemporaneidade, esse conceito passou a ser questionado. Dessa forma, o termo ganhou um caráter mais amplo.

Hoje o termo pode ser usado para se referir a um grupo de pessoas que compartilham algo em comum. Por exemplo, uma história em comum ou um objetivo em comum. As comunidades virtuais são um exemplo disso.

Tipos

Dentro de uma comunidade, é normal existir uma identidade comum de diferenciação. Com isso, surgem algumas variações. Por exemplo:

1- Escolar. É formada por professores, alunos, pais e demais pessoas que atuam em uma escola.

2- Cristã. É constituída por cristãos de uma mesma religião.

3- Familiar. É formada por famílias.

4- Internet. Na internet existem vários tipos de comunidades, formados por pessoas com interesses em comum.

Um exemplo disso é a comunidade gamer. Existem ainda as comunidades formadas por pessoas que gostam do mesmo estilo de música.

5- Colaborativa. Este tipo de comunidade é formada por pessoas que querem compartilhar conhecimento.

Ou seja, são pessoas que têm interesse nos mesmos assuntos. Sendo assim, essas pessoas se unem como uma comunidade colaborativa para aprendizagem.

6- Empresas. As pessoas que fazem parte de uma empresa também são tidas como comunidade. Isso porque elas têm os mesmos objetivos comuns e contam com a mesma filosofia corporativa.

Comunidade versus sociedade

Agora que você sabe o que é uma comunidade, talvez esteja se questionando qual é a diferença entre comunidade e sociedade.

Em 1º lugar, os dois termos se referem a organizações de dimensões diferentes. Em síntese, sociedade é um termo usado para falar de um grupo de pessoas que têm uma cultura e território definido.

Por outro lado, a comunidade é um grupo limitado de pessoas que coexistem, se relacionam e têm semelhanças.

Para você entender melhor a diferença, compare as características de cada uma. As características de uma sociedade são:

  1. É formada por uma teia de relações sociais.
  2. O relacionado social pode ser: direto; indireto; organizado; desorganizado; consciente; ou ainda inconsciente.
  3. A sociedade é universal e generalizada.
  4. Ela é ampla e abstrata.
  5. Vários interesses comuns em comunidade estão presentes na sociedade.
  6. É uma rede de relações sociais que não pode ser tocada.
  7. Não é preciso de uma área geográfica para estabelecer uma sociedade.
  8. Ela inclui relações estabelecidas entre as pessoas.

Em contrapartida, as características de uma comunidade são:

  1. É um grupo de pessoas.
  2. Essas pessoas estão em uma área geográfica definida.
  3. É menor do que uma sociedade.
  4. Não existe mais de uma sociedade em uma comunidade.
  5. Os interesses em comum são partilhados.
  6. A semelhança é muito importante.
  7. Por fim, os integrantes vivem juntos em prol de interesses e objetivos comuns.

Enfim, gostou de aprender o que é comunidade? Então não deixe de conferir alguns outros textos da área de sociologia que você pode gostar. Por exemplo, o que é antropologia; e o que é cultura.

Além disso, você pode gostar de aprender o que é identidade cultural. Por fim, você pode ainda descobrir o que é Modernidade Líquida, o que é? Conceito, contexto e características

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.