Principal » Sociologia » Darwinismo social

Darwinismo social

O darwinismo social é uma teoria da evolução. Ela tem como base a teoria da evolução de Charles Darwin (1808-1882), o Darwinismo.

Darwinismo social

O darwinismo social é uma teoria da evolução. Ela tem como base a teoria da evolução de Charles Darwin (1808-1882), o Darwinismo.

Ou seja, Darwin criou a teoria da evolução. Com o tempo, ela passou a ser usada em outras áreas. Dessa forma, surgiu o darwinismo social.

O que é a teoria do darwinismo social?

O darwinismo social é uma teoria da evolução da sociedade. Ela tem como base a ideia de que existem povos superiores a outros.

De acordo com essa teoria, os povos que se sobressaem física e intelectualmente devem se tornar os governantes.

Já os povos “menos aptos”, iriam deixar de existir. Isso porque, elas não seriam capazes de acompanhar a evolução da sociedade mais apta. Portanto, as menos aptas seriam extintas.

Isso segundo o princípio de seleção natural da Teoria da Evolução. Inclusive, o nome darwinismo social é uma referência a teoria da evolução desenvolvida por Charles Darwin.

Quem criou o darwinismo social?

O darwinismo social tem como base a teoria da seleção natural de Charles Darwin. Sendo que essa teoria explica a diversidade de espécies de seres vivos por meio do processo de evolução.

Depois de muitas viagens e estudos, Charles Darwin criou o livro A Origem das Espécies. Nele, Darwin falou sobre a teoria da evolução. Na época, a sua obra foi revolucionária.

Isso porque, ele negava as explicações religiosas para a origem da vida. Ao invés disso, ele explicava que os seres vivos são resultado de um longo processo de transformação e adaptação ao ambiente.

Em resumo, Darwin explicou que as espécies se transformam por meio da seleção natural. Sendo que os seres com características que os tornavam mais aptos para certo ambiente, sobreviviam e se tornavam predominantes.

Por outro lado, os seres menos aptos estavam destinados à extinção. Com o passar do tempo, as ideias de Darwin foram levadas para outras áreas.

Dessa forma, pensadores sociais transferiram os conceitos de evolução e adaptação para a explicar as civilização e práticas sociais. Sendo assim, surgiu o darwinismo social.

Relação entre darwinismo social e racismo

O darwinismo social é uma teoria que acredita que existem raças superiores a outras. Isso é chamado de superioridade racial.

Desse modo, as pessoas que acreditam nesta teoria, geralmente, são preconceituosas e racistas. Por exemplo, muitos acreditam que os europeus eram bons dominadores pois eram uma raça superior às demais.

Além disso, o monopólio do comércio acompanhado pelos progressos científicos e tecnológicos seria um reflexo dos povos mais aptos para essa situação.

Já os países que se limitaram a oferecer mão-de-obra seriam inferiores, ou seja, menos capazes.

Exemplos de aplicações do darwinismo social na história

Alguns exemplos são:

1- Nazismo

A Alemanha nazista tinha como base a ideia de que a raça ariana era superior às demais raças. Enfim, o resultado disso foi a morte de milhares de pessoas. Sendo que os mais afetados foram os judeus por meio do holocausto.

2- Fascismo

Na Itália, ocorreu o fascismo. Sendo que uma das características principais era o racismo. Em resumo, eles tinham a premissa da purificação e acreditavam que a mistura de raças era uma contaminação.

3- Neocolonialismo

Por fim, temos ainda o exemplo do neocolonialismo. Em síntese, essa é uma política de expansão e domínio político e econômico.

Dessa forma, ele é causado pela exploração dos países colonizados. Isso porque, existe uma demanda industrial das potências emergentes.

Darwinismo social no Brasil

O darwinismo social no Brasil é perceptível por meio do racismo que tem origem na época da colonização. Muitos brasileiros não admitem que são racistas. Mas grande parte da população discrimina os negros.

O resultado disso é revelado por estatísticas que apontam, por exemplo, que a maior parte da população carente no Brasil é negra.

Consequências

O darwinismo social resultou em muitos equívocos e preconceitos. Vale destacar que quando Darwin falou sobre a sua teoria da evolução, ele não falou sobre a suposta superioridade de uma raça.

Mas a sua teoria da evolução acabou sendo usada em outras áreas. Com isso, ela serviu como base para uma teoria do darwinismo social.

LEIA MAIS

Neodarwinismo: o que é e resumo

O que é Darwinismo: seleção natural e neodarwinismo

Neocolonialismo: O que é, História, Conceito e Objetivos

Racismo estrutural, o que é? Tipos, causas e história

Escravidão no Brasil: origem, trabalho escravo e abolição

Eugenia, o que é? função e higiene social

O que é Antropologia? História e método

Fontes: Toda matéria; Educa mais Brasil; e, por fim; Brasil escola.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.