Reações de esterificação: o que são, tipos e aplicações

As reações de esterificação são reações responsáveis por formar água e éster. Sendo que elas ocorrem entre um ácido carboxílico e um álcool.

As reações de esterificação são reações responsáveis por formar água e éster. Em resumo, elas ocorrem entre um ácido carboxílico e um álcool.

Sendo assim, os álcoois primários do ácido carboxílico, se unem ao hidrogênio do álcool para produzir água. 

No geral, as reações de esterificação são reversíveis. Ou seja, as reações estão em equilíbrio dinâmico.

Desse modo, quando a reação é inversa, onde há reação entre um éster e água, temos uma hidrólise de éster.  Contudo, se a reação for por meio ácido, o resultado será sempre um ácido e um álcool.

Por outro lado, se for por meio básico, o produto da reação é um sal de ácido carboxílico e álcool. Por fim, além do a reação de esterificação também pode ser feita entre um ácido inorgânico e um álcool. 

Mas neste caso, a formação da água ocorre de forma diferente. Isso porque, neste tipo de reação, a hidroxila é proveniente do álcool, enquanto que o hidrogênio é proveniente do ácido. 

Reações de esterificação

Uma reação de esterificação ocorre quando éster e água são formados entre um ácido carboxílico e um álcool. Neste caso, ocorre uma reação química reversa. Sendo que ela pode ser descrita da seguinte forma:

ÁCIDO CARBOXÍLICO + ÁLCOOL → ÉSTER + ÁGUA

Reações de esterificação - O que são, aplicações e característica

A água é formada pela união do grupo hidroxila (OH) do ácido carboxílico com o hidrogênio (H) do álcool. Já o restante da cadeia carbônica do ácido carboxílico e do álcool se unem para originar o éster.

Contudo, a  esterificação também pode ocorrer entre um ácido inorgânico ou álcool secundário ou terciário.

Mas nesse caso, a água irá se formar de maneira diferente. Em resumo, o grupo hidroxila será proveniente do álcool e o hidrogênio do ácido.

Enfim, para que as reações ocorram, é preciso usar um catalisador.

Isso porque são reações lentas que precisam do aumento de temperatura. Logo, com o catalisador, a velocidade da reação é acelerada. 

Quando o catalisador é usado em reações químicas, damos o nome de Esterificação de Fischer. Por outro lado, quando ocorre a reação inversa de esterificação, damos o nome de Hidrólise de Éster.

Tipos de reações de esterificação

As reações de esterificação podem ser básicas ou diretas.

Uma reação básica é aquela que ocorre em meio alcalino. Sendo que ela recebe o nome de reação de saponificação.

Desse modo, este tipo de reação é responsável por formar sal orgânico e álcool.

Reações de esterificação - O que são, aplicações e característica

Já as reações de esterificação diretas são aquelas que ocorrem entre um ácido carboxílico e um álcool.

Estas reações são as mais usadas em indústrias alimentícias. Isso porque, elas produzem éteres que formam aromatizantes artificiais. 

Além disso, as reações diretas também produzem éteres formados por moléculas triplas, ou seja, triésteres ou triglicerídeos.

Sendo que elas são o principal constituinte de produtos como óleos e gorduras vegetais e animais. Portanto, as moléculas de ácidos graxos agem com as moléculas de glicerina e formam um poliálcool. 

Aplicações

As reações de esterificação são responsáveis por formar éster e água. No caso, o éster é um composto químico usado em vários tipos de materiais. Isso, sobretudo na indústria como aromatizantes. 

Sendo assim, alguns usos do éster são:

1- Aromatizantes em indústrias

As indústrias, principalmente alimentícias, usam a esterificação de Fischer para produção de ésteres. 

Em resumo, os flavorizantes são ésteres que conferem aroma e sabor aos produtos industrializados. Sendo assim, eles são usados, por exemplo, em sucos, balas, doces e etc.

Enfim, alguns exemplos de éster usados como aromatizantes são:

  • Etanoato de etila; aroma de maçã

  • Etanoato de octila; aroma de laranja

  • Butanoato de etila; aroma de abacaxi

2- Biodiesel

Outra forma de usar o éster, é o biodiesel. O biodiesel é resultado de uma reação de transesterificação. 

Em síntese, este processo ocorre por meio da mistura de óleo vegetal ou gordura animal (triglicerídeos) em metanol ou etanol, na presença de um catalisador.

Dessa forma, um dos produtos da reação é a glicerina. Sendo que ela pode ser usada na fabricação de cosméticos, alimentos e medicamentos.

LEIA MAIS

Tipos de forças: o que é e exemplos

Tipos de misturas: curvas de aquecimento e obtenção de substâncias

Estados físicos da matéria: tipos, fases e curvas de variação

Propagação de Calor, o que é? Tipos e fatores

Existe água na Lua? – Saiba o que a Nasa diz sobre o assunto

Reações químicas – Tipos e o balanceamento das equações

Fontes: Brasil Escola; Mundo Educação; e, por fim; Toda Matéria.

Escolhidas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.